Chefe da Mercedes aposta em “quebrar o padrão” de Interlagos como “pista da Red Bull”

Toto Wolff acredita que a Mercedes vai ter mais chances de lutar contra a Red Bull no GP de São Paulo. Max Verstappen triunfou na última vez que a Fórmula 1 correu no Brasil, em 2019

A confusão da largada no GP do México (Vídeo: Band)

O desfecho do GP da Cidade do México representou mais um duro revés para a Mercedes na temporada 2021. Max Verstappen passou Lewis Hamilton e Valtteri Bottas na largada e venceu praticamente de ponta a ponta, sem ter sido incomodado em momento algum. Hamilton teve de se contentar com o segundo lugar depois de ter segurado Sergio Pérez, enquanto Valtteri Bottas, em meio a uma jornada desastrosa, terminou só em 15º.

A Mercedes viu Verstappen abrir 19 pontos de vantagem para Hamilton no Mundial de Pilotos e agora está a apenas 1 tento da Red Bull no Mundial de Construtores.

LEIA TAMBÉM
+ESPECIAL: As grandes atrações do GP de São Paulo de Fórmula 1
+OPINIÃO: Mais perto do título, Verstappen neutraliza Hamilton com atuação decisiva

TOTO WOLFF; MERCEDES; FÓRMULA 1; GP DA RÚSSIA;
Toto Wolff acredita que o GP de São Paulo será melhor para a Mercedes (Foto: Sebastian Kawka/Mercedes)

Só que a esperança de Toto Wolff é que o GP de São Paulo, prova que marca o retorno da Fórmula 1 ao Brasil, neste fim de semana, é que a Mercedes tenha um desempenho melhor na comparação com o que se viu no Autódromo Hermanos Rodríguez.

Em entrevista coletiva pouco depois da corrida no domingo, o dirigente austríaco disse que espera outro fim de semana complicado, no Brasil, mas também aposta que a Mercedes vai poder desafiar os taurinos.

F1: VERSTAPPEN VENCE IMPASSE MEXICANO NA LARGADA E SE APROXIMA DE TÍTULO | Paddock GP #264

“Saímos do México, circuito que provavelmente consideramos um dos piores para nós, e vamos para o Brasil, que não foi dos melhores no passado. Mas acreditamos que podemos ter um carro forte e em estar mais perto da Red Bull do que estivemos aqui”, explicou.

Verstappen venceu o GP do Brasil de 2019, o último no país, uma vez que a prova do ano passado foi cancelada em razão da pandemia de Covid-19. Embora entenda que Interlagos seja um território da Red Bull, Wolff acredita que a Mercedes não pode ser descartada.

▶️ Inscreva-se nos dois canais do GRANDE PRÊMIO no YouTube: GP | GP2

“Espero que possamos quebrar o padrão porque esta tem sido uma pista da Red Bull. Vamos dar tudo e vamos tentar lutar”, concluiu.

A próxima etapa da temporada é especial porque vai marcar o retorno da Fórmula 1 ao Brasil depois de um ano de ausência. O GP de São Paulo acontece logo nesta semana, entre 12 e 14 de novembro, com cobertura ‘in loco’ do GRANDE PRÊMIO em Interlagos.

Acesse as versões em espanhol e português-PT do GRANDE PRÊMIO, além dos parceiros Nosso Palestra e Teleguiado.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube

Saiba como ajudar