Mercedes nega que retorno de Hamilton teve relação com saída de Masi

Toto Wolff falou sobre como Lewis Hamilton responde em situações de adversidade e nega que o heptacampeão só tenha voltado por conta da saída de Michael Masi

Mercedes colocou o W13 pra dar umas voltinhas em Silverstone (Vídeo: Mercedes)

O anúncio da saída de Michael Masi como diretor de provas da Fórmula 1 aconteceu na mesma semana em que a Mercedes apresentou ao mundo o W13. Apesar do polêmico encerramento da temporada 2021, Toto Wolff garante que o retorno de Lewis Hamilton para 2022 não teve conexão com a demoção do australiano Masi.

Após ter sido derrotado por Max Verstappen no GP de Abu Dhabi, marcado por controvérsias relacionadas a decisões de Masi na direção de prova, Hamilton ficou recluso da mídia e das redes sociais por quase dois meses. Em entrevista à BBC, o chefe de equipe falou sobre o retorno.

“Não, de forma alguma [conexão com saída de Masi]. Acho que o próprio Lewis decidiu como poderia digerir os eventos de Abu Dhabi, e vale o mesmo para a equipe. Acho que seguimos em frente. Está no passado, é algo que vamos nos recuperar de alguma forma, mas não foi uma condição”, declarou Toto Wolff.

▶️ Inscreva-se nos dois canais do GRANDE PRÊMIO no YouTube: GP | GP2.

+Hamilton aprova W13, mas pede mudança “num monte de pequenas coisas”

Lewis Hamilton busca o oitavo título (Foto: Mercedes)

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube! Clique aqui.
Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram!

Wolff também citou que nunca sentiu preocupação quanto a uma possível saída de Hamilton da Fórmula 1 neste momento, e crê que o heptacampeão responde melhor na adversidade, assim como toda a Mercedes, que busca o nono título seguido de Construtores.

“Nunca estive preocupado dele sair, Com o time, nós sabíamos que ele precisava de tempo para refletir sobre as coisas e como poderia voltar da melhor forma. Do nosso lado, nunca houve preocupação dele não voltar. Acho que a adversidade sempre o tornou mais forte, mais resiliente e determinado. É a atitude que sinto nele agora, e a mentalidade que vejo no time”, concluiu.

A temporada 2022 da Fórmula 1 terá início no dia 20 de março com o GP do Bahrein. A pré-temporada começará entre os dias 23 e 25 de fevereiro, em Barcelona.

FÓRMULA 1: É HORA DE ACABAR COM OS LANÇAMENTOS DE CARROS?
Acesse as versões em espanhol e português-PT do GRANDE PRÊMIO, além dos parceiros Nosso Palestra e Teleguiado.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube

Saiba como ajudar