Mercedes ou nada? Sem alternativas, Vettel caminha para despedida melancólica da F1

De acordo com veículos da imprensa europeia, Sebastian Vettel só vê uma alternativa para continuar na F1 depois de 2020: fechar contrato com a Mercedes. Entretanto, Victor Martins, Fernando Silva, Gabriel Curty e Guilherme Bloisi consideram que, em tais moldes, o tetracampeão vai deixar o esporte ao fim do ano. E, lamentavelmente, sem ter a chance de lutar pelo penta

Qual vai ser o futuro de Sebastian Vettel quando terminar seu contrato com a Ferrari, ao fim de 2020? Veículos da imprensa europeia, como a revista alemã 'Auto Motor und Sport' e o jornal suíço 'Blick' dão conta de que o tetracampeão só vislumbra uma alternativa para permanecer na F1 no ano que vem: assinar com a Mercedes. Entretanto, Toto Wolff deixou claro que o alemão, mesmo sendo "uma boa jogada de marketing", não é a primeira opção. Assim, Seb caminha para a aposentadoria.

Na edição #197 do Paddock GP, que foi ao ar na última segunda-feira (19), Victor Martins, Fernando Silva, Gabriel Curty e Guilherme Bloisi entendem que Vettel, se de fato deixar o grid da F1 ao fim do ano, vai ter uma despedida melancólica por sequer ter a oportunidade de lutar pelo título mundial.

Assista ao trecho completo abaixo:

 

Paddockast #61
VETTEL: ACERTOS, ERROS E… AZAR NA FERRARI

Ouça: Spotify | iTunes | Android | playerFM

Apoie o GRANDE PRÊMIO: garanta o futuro do nosso jornalismo

O GRANDE PRÊMIO é a maior mídia digital de esporte a motor do Brasil, na América Latina e em Língua Portuguesa, editorialmente independente. Nossa grande equipe produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente, e não só na internet: uma das nossas atuações está na realização de eventos, como a Copa GP de Kart. Assim, seu apoio é sempre importante.

Assine o GRANDE PREMIUM: veja os planos e o que oferecem, tenha à disposição uma série de benefícios e experências exclusivas, e faça parte de um grupo especial, a Scuderia GP, com debate em alto nível.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube