Mercedes vê problemas com tanque vazio e “muito trabalho pela frente” em Mônaco

A Mercedes não manteve a evolução apresentada na Espanha e sofreu bastante na sexta-feira em Mônaco. Par o diretor de engenheria do time, Andrew Shovlin, o ritmo de corrida é melhor que o de classificação. Mas isso pouco importa em uma pista tão apertada

A Mercedes tomou um pequeno balde de água fria na sexta-feira (27) em Mônaco. É que, depois de melhorar tanto e até brigar pela vitória na Espanha, o time não veio muito forte nos treinos livres da rua do Principado, fechando o TL2 atrás até da McLaren de Lando Norris, no caso de George Russell. E enfiado no meio do pelotão, em 12º, no de Lewis Hamilton.

Mais do que a posição em si, o que preocupou o time foi a distância: foram mais de 0s7 de George para Charles Leclerc, mais rápido da sessão. Lewis tomou 1s8, atrapalhado também nas voltas de pneus macios. Para o diretor de engenharia da equipe, Andrew Shovlin, falta ritmo, especialmente com tanque vazio.

“Nós estamos sofrendo com o traçado, isso está nos impedindo de tirar mais nas voltas, especialmente com tanque vazio. Melhoramos entre os treinos livres, mas ainda precisamos de mais informações para ver onde melhorar ainda mais. Os pneus estão se comportando bem, o calor ajuda a aquecer ali”, disse.

George Russell foi o sexto mais rápido na sexta-feira em Mônaco (Foto: Mercedes)

Shovlin ainda reconheceu que a Mercedes parece melhor em ritmo de corrida que de classificação, mas alertou que, em muitos casos, isso de nada adianta em Mônaco, afinal, é possível que o tráfego esteja gigante e ninguém passe ninguém num traçado tão apertado.

“Não conseguimos extrair tudo dos macios, muito tráfego e o Lewis foi bloqueado também, então, acho que amanhã nos sairemos melhor com eles. O ritmo de corrida foi mais encorajador, fomos consistentes e com menos degradação de pneus que outros. Mas é Mônaco, isso nem conta muito se você ficar preso no tráfego. Muito trabalho pela frente para entrarmos no ritmo para classificação”, completou.

Ainda que fora do ritmo das rivais em quase todas as corridas, a Mercedes vem pontuando bem. O time é terceiro no Mundial de Construtores com 120 pontos, 75 a menos que a líder, Red Bull.

Fórmula 1 continua com o GP de Mônaco a partir das 8h [de Brasília] do sábado, horário para o qual está marcado o terceiro e último treino livre. Mais tarde, às 11h, começa a classificação. O GRANDE PRÊMIO acompanha tudo AO VIVO e EM TEMPO REAL.

▶️ Inscreva-se nos dois canais do GRANDE PRÊMIO no YouTube: GP | GP2
McLaren põe nome de Senna no carro e anuncia homenagem permanente na F1

Acesse as versões em espanhol e português-PT do GRANDE PRÊMIO, além dos parceiros Nosso Palestra e Escanteio SP.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube

Saiba como ajudar