Mercedes renova com Bottas e aguarda Hamilton para fechar dupla de 2021

A Mercedes optou pela continuidade e confirmou a renovação com Valtteri Bottas até o fim de 2021. O finlandês, que integra a equipe desde a saída de Nico Rosberg, vai para o quinto ano em Brackley. Agora, resta à Mercedes definir a extensão do vínculo de Lewis Hamilton

Valtteri Bottas tem um bom motivo para comemorar. Vice-líder da Fórmula 1 em 2020, o finlandês segue representando a Mercedes pelo menos até o fim do próximo campeonato. A equipe hexacampeã do mundo optou pela experiência e continuidade e anunciou nesta quinta-feira (6) a renovação do vínculo de Bottas até 2021, deixando George Russell na fila da espera. A expectativa agora é para a renovação de contrato com Lewis Hamilton para fechar a dupla para o ano que vem.

Desde que se uniu à Mercedes em 2017, escolhido como substituto de Nico Rosberg, Bottas tem seu contrato renovado anualmente. Não foi diferente desta vez, seguindo na contramão do que costuma ser regra entre as grandes equipes da Fórmula 1, que tendem a assinar vínculos com duração de dois anos ou mais.

Valtteri Bottas está garantido para mais um ano na Mercedes (Foto: Mercedes)

“Estou muito feliz por continuar na Mercedes em 2021 e construir o sucesso que curtimos juntos até o momento. Obrigado a todos do equipe e da família Mercedes pelo apoio e confiança. Estou muito orgulhoso de representar este grande time na jornada do próximo ano”, afirmou Bottas após o anúncio da renovação de seu contrato.

Segundo informou mês passado a edição italiana do site Motorsport.com, a paralisação de cerca de quatro meses da Fórmula 1 em razão da pandemia jogou contra Russell. O adiamento do início da temporada para julho e também o bom momento de Bottas contribuíram para que a Mercedes optasse por manter o finlandês por mais um ano, permanecendo como peça importante de um organograma que tem Lewis Hamilton e Toto Wolff como principais pilares. George já foi confirmado na Williams para 2021.

O nórdico, que já venceu oito vezes no Mundial, soma pontos importantes e não costuma entrar em rota de colisão com seu companheiro de equipe, mantendo assim a harmonia nos boxes e nas garagens da equipe de Brackley.

Quanto a Russell, o prodígio britânico confirmou, com ares de resignação às vésperas do GP da Hungria, que vai fazer mais uma temporada, a sua terceira na Fórmula 1, como piloto da Williams.

A Mercedes vê neste estágio pela equipe de Grove uma importante oportunidade para que George siga seu processo de aprendizado para que esteja completamente pronto para o próximo passo a ser dado, talvez, em 2022.

E se Bottas é pupilo de Toto Wolff desde os tempos em que era piloto reserva da Williams, em 2012, Hamilton também tem apreço pelo finlandês por este ser um companheiro de equipe leal e bom de trabalhar.

Agora, com a situação de Bottas definida para a próxima temporada, a Mercedes está em compasso de espera para garantir a permanência dos seus dois mais importantes elementos. Wolff tem o futuro incerto, enquanto Hamilton aguarda para definir os seus próximos passos na Fórmula 1.

O GRANDE PRÊMIO acompanha AO VIVO e em TEMPO REAL todas as atividades do GP dos 70 Anos, quinta etapa da temporada 2020 da Fórmula 1.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube