Mercedes revela uso de câmera 3D para cópia de carro. Que equipe? “É bem óbvio”

A polêmica dos carros clonados, inciada com a 'Mercedes rosa', segue no paddock da Fórmula 1. Em Silverstone, às vésperas do GP dos 70 Anos, Toto Wolff comentou o assunto e fez uma revelação ao jornalistas

A polêmica sobre cópias de carros voltou a ser o grande assunto no paddock da Fórmula 1 em Silverstone após o veredito da FIA (Federação Internacional de Automobilismo) contra a Racing Point, punido a equipe com a perda de 15 pontos no Mundial de Construtores e multa de € 400 mil (cerca de R$ 2,5 milhões).

De acordo com a entidade, o time copiou a Mercedes W10, de 2019, para construir o RP20, usando informações em diversas área. Os protestos feitos pela Renault envolviam especificamente os dutos de freios, partes que devem ser de criação original de cada equipe. Sendo assim, a Racing Poing foi acusada de violar o regulamento esportivo.

Toto Wolff foi questionado sobre o assunto e fez uma revelção aos jornalistas. Segundo o chefe de equipe da Mercedes, câmeras 3D foram utilizadas para inspecionar o carro da Mercedes em 2019. O equipamento consegue inspecionar detalhes e tirar medidas de maneira precisa com ajuda de imagens.

F1; FÓRMULA 1; GP DA HUNGRIA; LEWIS HAMILTON; MERCEDES;
Mercedes é a atual campeã do Mundial de Construtores (Foto: Pirelli)

“Ano passado, em algumas ocasiões, vimos um de nossos principais competidores com uma câmera 3D escaneando nossos carros, dentro e fora de nossas garagens. Não posso dizer qual equipe, mas é bem óbvio. Quando você coloca o equipamento no computador, te dá todas as informações. Essa tecnologia existe e não há nada que a proíba”, declarou Wolff.

O GRANDE PRÊMIO acompanha AO VIVO e em TEMPO REAL todas as atividades do GP dos 70 Anos, quinta etapa da temporada 2020 da Fórmula 1.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube