Mesmo com dificuldades, Williams garante orçamento “saudável” para 2020

A Williams ficou para trás na F1 e perdeu patrocinadores, mas não perde a esperança de ser competitiva em 2020. A chefe Claire Williams crê que a equipe tem dinheiro suficiente para se manter financeiramente sustentável na F1

A Williams passa por um drama na Fórmula 1. Os resultados se esvaíram, com a equipe pontuando raramente desde 2018 e se isolando na lanterna do Mundial de Construtores. Consequência disso é a dificuldade de manter patrocinadores e manter a equipe financeiramente sustentável. Isso entretanto não impede a chefe Claire Williams de acreditar que o orçamento para 2020 é "saudável".
 
"Patrocínio é algo difícil, não é algo fácil", resumiu Claire. "Nós todos sabemos que nenhuma equipe vê o mercado de patrocinadores da F1 como algo muito fácil. Nosso modelo de negócios depende muito de patrocinadores e nunca é fácil. Não foi fácil ao longo das últimas décadas, mas ainda conseguimos um orçamento saudável para o automobilismo, que nos permite fazer o que precisamos fazer ao longo do ano. Nós temos isso para esse ano", destacou.
A Williams diz ter dinheiro suficiente para 2020 (Foto: Williams)

A Williams perdeu três patrocinadores de peso no passado recente. A Martini não quis renovar contrato ao fim de 2018, assim como a Rexona após 2019. A Orlen, petrolífera polonesa, também partiu por conta da saída de Robert Kubica da equipe britânica. A venda de ações, assim como a chegada de pilotos com apoio financeiro, permite a sustentabilidade financeira.

 
"Como se sabe, nós vendemos ações majoritárias no departamento de engenharia avançada, com o dinheiro originário disso indo para a equipe de F1, dando uma reforçada no nosso orçamento. Não tenho preocupações a respeito de orçamento para 2020", seguiu.
 
Nicholas Latifi chega com apoio financeiro, substituindo Kubica na titularidade. O movimento mais recente da Williams foi a contratação do endinheirado Roy Nissany como piloto de testes, apesar de resultados fracos em categorias inferiores. A chefe Claire se defendeu, alegando que o reforço tem efeito positivo na recuperação da equipe.

 

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube