Mesmo com melhor volta, Vettel reclama de vento em Barcelona: “Não foi o melhor dia”

Sebastian Vettel conseguiu bom tempo de volta com pneus C5, liderando a tabela em Barcelona. Isso, entretanto, vem em um dia de ventos fortes, que comprometeram a performance dos bólidos. O alemão elogia a SF1000, mas pede cautela

Andar rápido não é necessariamente indicativo de satisfação com o carro nos testes da Fórmula 1. Sebastian Vettel liderou a sessão desta quinta-feira (27) em Barcelona, penúltimo dia da pré-temporada, mas ainda sente que não ficou com uma impressão tão nítida a respeito de possíveis evoluções da SF1000. O motivo é um fenômeno da natureza: os ventos fortes no Circuito da Catalunha, que comprometiam a performance aerodinâmica dos carros ao bater na casa de 20 km/h.
 
“Foi um dia intenso. Não tivemos problema algum, mas a bandeira vermelha [da tarde] não ajudou”, disse Vettel em entrevista acompanhada pelo GRANDE PRÊMIO, fazendo referência à simulação de corrida interrompida pela quebra de Lewis Hamilton. “Queríamos testar o carro, mas o Charles [Leclerc] tem o mesmo cronograma amanhã, e imagino que com condições climáticas melhores”, destacou.
Sebastian Vettel não ficou tão feliz assim com a quinta-feira (Foto: Ferrari)

Vettel anotou o tempo de 1min16s841 ainda durante a manhã, girando com pneus C5. De quebra, conseguiu 144 voltas, segunda melhor quilometragem do dia. Deu para sentir evolução no carro em relação ao modelo de 2019, mas o otimismo segue contido.

 
“Hoje não foi representativo, de forma alguma. Com tanto vento eu acho que nenhum carro estava realmente bom de se pilotar. Não foi o melhor dia, mas você ainda tenta fazer o melhor. O carro parece melhor, a sensação no terceiro setor é melhor. Isso tem seu lado negativo, que é andar um pouco pior nas retas. Outros também parecem melhores, então essa é a situação atual. Ainda temos trabalho por fazer”, comentou.
 
“Não estamos deixando a impressão mais forte de todas agora, mas não estou preocupado. Se for isso, as coisas são assim. Ainda temos um dia de trabalho amanhã”, encerrou.
 
Vettel se despediu da pré-temporada e agora só volta à SF1000 no GP da Austrália. Charles Leclerc toma o bastão no sexto e último dia de atividades na Catalunha.

O GRANDE PRÊMIO cobre AO VIVO, em TEMPO REAL e 'in loco' os testes de pré-temporada da F1 em Barcelona com o repórter Vitor Fazio. Siga tudo aqui.

Apoie o GRANDE PRÊMIO: garanta o futuro do nosso jornalismo

O GRANDE PRÊMIO é a maior mídia digital de esporte a motor do Brasil, na América Latina e em Língua Portuguesa, editorialmente independente. Nossa grande equipe produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente, e não só na internet: uma das nossas atuações está na realização de eventos, como a Copa GP de Kart. Assim, seu apoio é sempre importante.

Assine o GRANDE PREMIUM: veja os planos e o que oferecem, tenha à disposição uma série de benefícios e experências exclusivas, e faça parte de um grupo especial, a Scuderia GP, com debate em alto nível.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube