Mesmo líder do campeonato, Vettel volta a reclamar dos pneus e diz que Pirelli precisa "mudar receita"

Tricampeão mundial voltou a criticar fabricante italiana e ironizou fornecedora, dando a entender que quer mudança total nos compostos, não apenas pequenas alterações. Ecclestone, no entanto, se mostrou satisfeito e afirmou que Pirelli cumpriu com as exigências

 
A Pirelli continua levantando polêmicas por conta da performance de seus pneus na temporada 2013 da F1. O desgaste excessivo dos compostos da fabricante italiana tem dividido opiniões entre equipes e pilotos.
 
Enquanto Red Bull e Mercedes exigem mudanças, Lotus e Ferrari se mostram satisfeitas com o desempenho. A força da atual escuderia tricampeã entre os Construtores abriu precedente para uma mudança prevista pela fornecedora a partir do GP do Canadá.
 
No entanto, Bernie Ecclestone rechaçou uma alteração total dos pneus. No máximo, modificações leves que não alterem as características atuais de consumo e não interfiram na atual hierarquia de forças da categoria.
Vettel continua muito triste com desempenho dos pneus Pirelli (Foto: Getty Images)
 
A decisão não foi bem recebida por Sebastian Vettel. O tricampeão mundial insiste em reclamar dos compostos, corroborando as posições de Christian Horner, chefe da Red Bull, e Dietrich Mateschitz, dono da equipe.
 
Em entrevista à revista 'Kicker', o alemão demonstrou frustração com a decisão de Ecclestone e continuou com o repetitivo discurso a respeito de uma modificação nos compostos, mesmo com a temporada em andamento.
 
"Não é sobre considerar mudar um dos ingredientes da receita. É mais sobre mudar a própria receita", ironizou.
 
Apesar da insistência em reclamar, Vettel tem duas vitórias, uma terceira posição e dois quartos lugares na temporada – resultados que o colocam como líder do campeonato.
 

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube