Mesmo punido na Itália, Hamilton segue líder da F1 com folga. Confira classificação

Lewis Hamilton foi para Monza com 47 pontos de vantagem no Mundial e sai com essa mesma folga. A diferença é que Valtteri Bottas é o novo vice-líder. Pierre Gasly sobe para oitavo

Lewis Hamilton não teve o GP da Itália que queria neste domingo (6), mas tem motivos para não deixar Monza tão cabisbaixo assim. Apenas sétimo após cumprir stop-and-go de dez segundos, o hexacampeão viu Valtteri Bottas e Max Verstappen também com dias complicados. Dessa forma, a vantagem na liderança do Mundial de Pilotos é a mesma de antes deste fim de semana: 47 pontos.

A diferença é o novo vice-líder. Verstappen abandonou com problemas mecânicos e viu Bottas, quinto colocado, ganhar terreno. Hamilton acumula 164 pontos, enquanto Valtteri chegou a 117. Verstappen estacionou nos 110.

Hamilton segue líder com folga no Mundial mesmo com punição e sétimo lugar na Itália (Foto: Mercedes)

Confira a classificação atualizada dos Mundiais de Pilotos e Construtores

O que chama a atenção é a presença de Lance Stroll como quarto melhor colocado na tabela do Mundial de Pilotos, com 57 tentos, empatado com Lando Norris, da McLaren. Os dois figuram, por exemplo, à frente de Alexander Albon e Charles Leclerc, sexto e sétimo no campeonato, respectivamente.

Pierre Gasly, o improvável vencedor de um GP histórico, salta no Mundial. O francês começou o fim de semana em 12° e agora é o oitavo, acumulando 43 pontos, à frente de Carlos Sainz, segundo colocado em um duelo impensável com Gasly neste domingo, enquanto Daniel Ricciardo, da Renault, fechou o top-10. Sebastian Vettel, com 9 pontos, é só o 13º.

No Mundial de Construtores, a festa ainda é da Mercedes. São 281 pontos para os prateados, seguidos pela Red Bull com 158. As novidades surgem atrás: a McLaren agora fica em terceiro com 98, superando a Racing Point, em quarto com 82. A Renault ocupa a quinta posição da tabela, com 71 pontos, dez a mais que a Ferrari, que caiu para sexto.

A F1 volta à pista já no próximo fim de semana. A categoria vai desbravar a pista de Mugello pela primeira vez. O circuito que vai ser palco do GP da Toscana vai sediar também a corrida 1.000 da história da Ferrari na F1.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube