Mick Schumacher evita comparar Ferrari e Alfa Romeo e vibra com desempenho “surpreendente”

Mick Schumacher saiu satisfeito e até surpreso com o desempenho que teve nos testes com Ferrari e Alfa Romeo no Bahrein. O alemão, agora, pretende transferir o conhecimento para a F2

Mick Schumacher foi um dos grandes destaques dos testes coletivos da F1 no Bahrein. Nesta quarta-feira (3), o alemão trocou a Ferrari pela Alfa Romeo e virou a sexta melhor marca do segundo dia, 0s9 atrás do líder George Russell, da Mercedes. Mick evitou comparar as equipes, mas elogiou ambas e falou em transferir conhecimento adquirido para a F2.
 
O jovem piloto admitiu que não esperava andar tão forte nos dois dias e valorizou bastante tudo que Ferrari e Alfa Romeo deram de ensinamentos.
Mick Schumacher andou com a Alfa Romeo (Foto: Sky Sports/Twitter)

"Não esperava ter esse ritmo, sinceramente, foi uma surpresa. Mas me diverti muito, foi fácil trabalhar com as equipes, ambas muito abertas e prontas a me ensinarem tudo que eu precisava. Consegui melhorar o dia todo e fui achando o limite. Existem diferenças, mas, no geral, me senti feliz nas duas equipes", disse.

 
Sem traçar uma comparação entre as duas equipes, o filho do heptacampeão mundial explicou que quer levar a experiência para as corridas da F2 com a Prema.
 
"Difícil comparar os dois dias. Acho que consegui fazer um trabalho bem decente e podemos ficar felizes com isso. Estou tentanto levar cada coisa que eu aprendi daqui para a F2, quero usar isso tudo na pista lá. Estou ansioso pela prova em Baku, é uma pista especiale será minha primeira vez lá", completou.
 

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube