Mick Schumacher fecha acordo com Ferrari para fazer parte da academia de pilotos em 2019, diz TV

A BBC afirma que Mick Schumacher, filho de Michael, já tem acordo com a Ferrari para 2019. O alemão, atual campeão da F3 Europeia, passa a fazer parte da academia de pilotos de Maranello e ganha direito a testes com carro da F1

Mick Schumacher se vê cada vez mais próximo da Ferrari. De acordo com o site da TV britânica BBC, o piloto alemão já tem um acordo com a equipe de Maranello para fazer parte da academia de pilotos a partir da temporada 2019.
 
Trata-se de um novo passo em uma relação cada vez mais quente. O acordo não foi oficializado por nenhuma das partes, mas a Ferrari já preparava um teste de Fórmula 1 para Mick, uma forma de tornar a oferta da academia de pilotos ainda mais tentadora. A BBC confirma que Mick de fato vai pilotar em dois testes da F1 com o carro vermelho em 2019, apesar de as circunstâncias exatas das atividades ainda não estarem claras – o alemão pode tanto participar de testes coletivos quanto aparecer com um modelo de anos anteriores em atividade privada.
 
O acordo significa, ainda, uma derrota da Mercedes para a Ferrari em uma queda de braço pelo futuro de Mick. O alemão lida com o interesse das duas montadoras desde 2015. Toto Wolff, chefe da equipe alemã, fez elogios abertos ao jovem piloto após a campanha campeã da F3 Europeia, mas viu a situação fugir de controle.
Mick Schumacher já tem acordo com a Ferrari para 2019 (Foto: AFP)

Com Mick na Ferrari, a memória do pai Michael Schumacher fica cada vez mais viva. O alemão conquistou, entre 1996 e 2006, cinco dos sete títulos mundiais e consolidou o status de lenda da F1. O acordo para entrar na academia de pilotos é um passo, ainda que muito incipiente, para que Mick tente replicar a carreira de Michael. Charles Leclerc é um exemplo de sucesso, usando o programa formador de Maranello para ascender rapidamente, a ponto de substituir Kimi Räikkönen em 2019.
 
Com o acordo já apalavrado, o 2019 de Mick ganha toques finais. Além de fazer parte da Ferrari, o alemão faz a temporada de estreia na Fórmula 2 ao lado da Prema. O acordo é o “passo lógico” após levar a F3 Europeia de forma inesperada em 2018.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube