Mick Schumacher ganha chance e guia Ferrari e Alfa Romeo nos testes coletivos pós-GP do Bahrein

Mick Schumacher vai ter a primeira oportunidade de pilotar carros do atual grid da Fórmula 1. De acordo com informações do site 'Motorsport.com', o alemão foi escalado para testar os carros da Ferrari e Alfa Romeo no teste de jovens pilotos, que está marcado para a próxima semana, no Bahrein

Mick Schumacher vai ter sua primeira experiência com um carro da Fórmula 1 na próxima semana. O alemão, filho do heptacampeão mundial Michael, foi escalado para o teste de jovens pilotos, marcado para acontecer após o GP do Bahrein. Ele vai pilotar os carros de Ferrari e Alfa Romeo nos dois dias de teste. A informação é do site 'Motorsport.com'.

Em 2017, o alemão participou de uma exibição do Benneton B194, carro em que seu pai foi campeão mundial pela primeira vez, no circuito de Spa-Francorchamps, na Bélgica. O ensaio em Sakhir vai ser a primeira vez de Mick em um carro atual da categoria.

Mick Schumacher (Foto: FIA Fórmula 2)

Os compromissos do piloto começam na segunda-feira, quando vai marcar presença nos boxes da Ferrari para acompanhar as atividades. Na terça-feira, então, vai correr pela escuderia de Maranello, antes de testar com a Alfa Romeo, equipe de laços próximos com o time italiano, na quarta-feira.

Schumacher, de 20 anos, foi campeão da F3 Euro em 2018 e assegurou um lugar na equipe italiana Prema para a disputa da temporada 2019 de Fórmula 2, que começa no próximo final de semana, também no Bahrein, com duas corridas.

Após a conquista de 2018, o alemão foi selecionado para fazer parte da Academia de Pilotos da Ferrari, projeto de jovens pilotos da escuderia.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube

Saiba como ajudar