Montoya diz que “grande problema” da Williams é não usar habilidade das pessoas

Ex-Williams, Juan Pablo Montoya falou sobre a atual fase da equipe de Grove. O colombiano indicou o erro do time em contratar pessoas talentosas, mas usá-las em funções erradas

Juan Pablo Montoya fez uma breve análise da fase enfrentada pela Williams. O ex-Fórmula 1 apontou que um dos principais erros do time tem sido contratar pessoas habilidosas para tarefas que estão fora de seu alcance.

A escuderia de Grove tem uma das histórias de maior sucesso da categoria. São sete títulos de pilotos, nove de Construtores e soma 114 vitórias. Entretanto, falhou em triunfar nos últimos oito anos, sendo a equipe do fundo do pelotão em 2019, somando apenas um ponto durante toda a temporada.

Tentando reverter a situação, a esquadra inglesa chegou a fazer diversas mudanças internas. Contratou Pat Simons, que chegou no final de 2016, com Paddy Lowe vindo em seguida. Entretanto, o ex-Mercedes deixou o time no início do último ano. Por fim, veio Patrick Head como consultor do time.

Juan Pablo Montoya, Williams, Fórmula 1
Montoya chegou a brigar pelo título na Williams (Foto: Reprodução)

Montoya pilotou pela Williams entre 2001 e 2004. “Em minha opinião, há pessoas que são muito boas para certas coisas”, disse em entrevista ao Motorsport.

“É como dizer ‘você é muito bom jornalista, mas mesmo que seja bom não quer dizer necessariamente que seja bom para liderar um canal ou uma publicação, pois é bom escrevendo, mas não necessariamente lidando com jornalistas’”, explicou.

“Então, quando põe uma pessoa que é boa em alguma coisa, mas para fazer outra, não ajuda. Acredito que esse foi um dos grandes problemas que a Williams teve: no desespero, começaram a contratar pessoas”, pontuou o colombiano.

“Acreditavam ser a solução e não aproveitaram no que eram boas, mas as colocaram para fazer outras coisas”, concluiu.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube