F1

Mordido por disputa no Brasil, Verstappen admite que cogitou jogar Ocon para fora da pista em Abu Dhabi

Ainda mordido por conta da disputa no GP do Brasil, Max Verstappen admitiu que pensou em colocar Esteban Ocon para fora da pista em Abu Dhabi. O piloto da Red Bull foi púnico pela FIA (Federação Internacional de Automobilismo) por ter empurrado o rival da Force India
Warm Up / Redação GP, de São Paulo
 Max Verstappen (Foto: Getty Images/Red Bull Content Pool)
Max Verstappen admitiu que teve uma revanche com Estaban Ocon em Abu Dhabi. O piloto da Red Bull contou que planejou colocar o francês para fora da pista, caso o titular da Force India fechasse a porta em uma tentativa de ultrapassagem.
 
A briga entre os dois começou no Brasil, quando o francês acertou a roda traseira direita da Red Bull de Max na saída do S do Senna, fazendo o #33 rodar enquanto liderava a prova. Ao fim da corrida, Verstappen não se conteve e empurrou três vezes o ex-rival dos tempos de F3 Europeia
Max Verstappen já tinha até uma revanche em mente em Abu Dhabi (Foto: Red Bull Content Pool)
Apesar de ter sido punido pela FIA, Verstappen acredita que teve uma reação contida e, em Abu Dhabi, planejou sua vingança. Os dois até chegaram a brigar por posição, mas tudo ocorreu dentro da normalidade.
 
“Eu pensei comigo mesmo: ‘Se ele fechar a porta, vou colocá-lo para fora da pista’”, admitiu Verstappen em entrevista à Servus TV. “Pode ter sido uma revanche pelo Brasil”, seguiu.
 
“Eu gostei. Foi bom”, admitiu.
 
Falando à publicação alemã ‘Auto Motor und Sport’, Helmut Marko, mais uma vez, apoiou Verstappen e considerou que Ocon já atrapalhou outros rivais.
 
“Talvez ele veja as coisas por uma perspectiva diferente quando for comentarista de televisão no ano que vem”, disparou.