Na Garagem: Prost joga Piquet para fora na briga pela vitória do GP da Holanda

Nelson Piquet e Alain Prost protagonizavam uma bela briga pela liderança do GP da Holanda até o francês cometer um erro e acabar com a corrida de ambos

Alain Prost ficou conhecido como ‘Professor’ em sua vitoriosa carreira na F1, mas vez ou outra também cometia os seus erros — especialmente em seus primeiros anos na categoria. Um dos clássicos erros se deu em um 28 de agosto como este, no GP da Holanda de 1983.

 
A vítima? Nelson Piquet.
 
O brasileiro da Brabham largou na pole com Patrick Tambay em segundo. Manteve a ponta e foi abrindo na dianteira até a metade da corrida, quando seu carro perdeu ritmo. Prost, quarto no grid e segundo a partir da quinta volta, quando ultrapassou Eddie Cheever, foi chegando volta a volta. Naquele momento, aproximavam-se as paradas de box que podiam definir o resultado no apertado circuito de Zandvoort.
 

           
    google_ad_client = “ca-pub-6830925722933424”;
    google_ad_slot = “5708856992”;
    google_ad_width = 336;
    google_ad_height = 280;

Pois bem. Prost não foi tão paciente. Na abertura da volta 41, o gaulês colocou o carro por dentro, não conseguiu passar e recolheu. Na volta seguinte, atirou sua Renault por dentro, não foi capaz de segurá-la para contornar a famosa curva Tarzan e deu no meio de Piquet.

 
 
Piquet até parecia abrir mão da posição e deixar o caminho livre para Prost. Não tentou se defender de maneira mais firme, só que foi atingido e abandonou. Prost, com a asa quebrada, parou pouco depois.
 
A liderança então passou para outro francês, René Arnoux, da Ferrari. Ele venceu sem ser ameaçado, com 20s de vantagem para Patrick Tambay. O pódio foi completado por John Watson, da McLaren.
Nelson Piquet logo após abandonar o GP da Holanda de 1983 (Foto: Forix)
Piquet e Prost brigavam pelo título de 1983, e era justamente o piloto da Renault que tinha mais a perder com a batida. Ao final do GP da Holanda, ele continuava como líder do campeonato com 51 pontos, mas viu Arnoux subir para 43. Tambay e Piquet estavam empatados com 37.
 
O desfecho do campeonato é bastante conhecido. Piquet reagiu, venceu as duas corridas seguintes e foi terceiro na África do Sul para ser campeão por apenas dois pontos. Prost precisou esperar mais dois anos para comemorar seu primeiro título.
PADDOCK GP #43 DEBATE INDY E MOTOGP E FAZ PRÉVIA DA F1

.embed-container { position: relative; padding-bottom: 56.25%; height: 0; overflow: hidden; max-width: 100%; } .embed-container iframe, .embed-container object, .embed-container embed { position: absolute; top: 0; left: 0; width: 100%; height: 100%; }

google_ad_client = “ca-pub-6830925722933424”;
google_ad_slot = “8352893793”;
google_ad_width = 300;
google_ad_height = 250;

fechar

function crt(t){for(var e=document.getElementById(“crt_ftr”).children,n=0;n80?c:void 0}function rs(t){t++,450>t&&setTimeout(function(){var e=crt(“cto_ifr”);if(e){var n=e.width?e.width:e;n=n.toString().indexOf(“px”)

var zoneid = (parent.window.top.innerWidth document.MAX_ct0 = '';
var m3_u = (location.protocol == 'https:' ? 'https://cas.criteo.com/delivery/ajs.php?' : 'http://cas.criteo.com/delivery/ajs.php?');
var m3_r = Math.floor(Math.random() * 99999999999);
document.write("”);

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube