Na Garagem: Vettel frustra Alonso, vence em Abu Dhabi e conquista título mundial

A Ferrari caiu no truco da Red Bull e e viu Sebastian Vettel se tornar o mais jovem campeão mundial da história, enquanto Fernando Alonso amargou o primeiro dos três vices pela Scuderia

O dia 14 de novembro de 2010 marcou um dos encerramentos mais improváveis da história da Fórmula 1. O circuito de Yas Marina, em Abu Dhabi, viu o jovem Sebastian Vettel, aos 23 anos e 134 dias, se tornar o mais jovem campeão mundial de todos os tempos.

A temporada foi marcada por um interessante equilíbrio de forças entre Red Bull, Ferrari e McLaren. As equipes dividiram as vitórias ao longo do ano, e os grandes destaques da temporada eram o bicampeão Fernando Alonso, da Ferrari, e o improvável Mark Webber, da Red Bull. Ambos dividiram a liderança em boa parte do campeonato.

O jovem Vettel era regular e vencia corridas, mas vez ou outra esbarrava na imaturidade, como na batida com Webber na Turquia e com Jenson Button, na Bélgica. As vitórias no Japão e no Brasil aproximaram o alemão da dupla de líderes. Antes da rodada final, Alonso era líder com 246 pontos, seguido por Webber com 238 e Vettel com 231. Hamilton pintou como o quarto elemento com chances de título, com 222.

2010 Abu Dhabi Grand Prix - RESULTS
Vettel levou pressão de Hamilton, mas saiu à frente (Foto: Reprodução)

Na classificação, Vettel voou para cravar a pole-position, com Hamilton em segundo, Alonso em terceiro e Webber em quinto. Na largada, o alemão pulou muito bem, fechando Lewis na primeira curva e garantindo a ponta. Alonso foi mais conservador e caiu para quarto. Ainda na primeira volta, Michael Schumacher, de Mercedes, rodou sozinho na curva 6 e levou uma pancada de Vitantonio Liuzzi, o que provocou a entrada do safety-car.

Com o carro de segurança na pista, Rosberg e Vitaly Petrov, da Renault, foram chamados aos boxes. A relargada aconteceu na volta 6, com a dupla fora dos pontos. A corrida se manteve com pouca movimentação até a volta 10, quando Mark Webber, em um movimento de truco da Red Bull, foi aos boxes e colocou pneus duros, voltando atrás justamente de Nico e Vitaly.

Na volta 15, foi a vez de Alonso, com a Ferrari aceitando o truco, ir aos boxes quando ocupava o quarto lugar. Conseguiu retornar à frente de Webber, mas atrás do russo Vitaly Petrov, que viraria o seu algoz ao longo da corrida.

Alonso preso atrás de Vitaly Petrov (Foto: Reprodução)

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube! Clique aqui.
Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram!

O trio formado por Vettel, Hamilton e Button conseguiu abrir vantagem e alongar o stint. Lewis foi aos boxes na volta 23, enquanto Sebastian parou na 24. Button assumiu a liderança de forma provisória. Enquanto isso, Alonso encostou na traseira de Petrov, mas não conseguia criar uma oportunidade de ultrapassagem. Na melhor chance que teve, viu o russo atrasar a frenagem, quase causando uma batida.

O tempo passava e o espanhol seguia preso atrás do russo. Gastava os pneus, encostava no carro da Renault, mas não conseguia a ultrapassagem. Após 40 voltas, foi a vez de Button finalmente parar, recolocando a liderança nas mãos de Sebastian Vettel.

Vettel cruza a linha de chegada em primeiro (Foto: Reprodução)

O alemão carregou a liderança até a linha de chegada, seguido por Button e Hamilton. Alonso cruzou a linha de chegada na sétima posição. “Du bist weltmeister” gritou o engenheiro Guillaume Rocquellin, avisando Vettel que era o mais novo campeão mundial, por apenas 4 pontos.

“Estou sem palavras. Não sei o que você deve dizer nesses momentos, foi uma temporada incrivelmente difícil para mim e para todos nós, física e mentalmente. Sempre acreditamos em nós mesmos – não importa o que as pessoas falassem – na equipe e no carro. Continuei acreditando em mim mesmo e hoje foi um dia especial para todos. Eu me levantei esta manhã e tentei não pensar em nada. Tentei evitar o contato com as pessoas e apenas tentei fazer minhas próprias coisas. Eu sabia que tudo o que podia tentar fazer era vencer esta corrida e dar o meu melhor. Só lideramos este campeonato uma vez nesta temporada, mas foi quando importou”, declarou Vettel.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube