Na luta para ficar na Caterham em 2013, Petrov nega nervosismo com indefinição: “Não há razões para isso”

Vitaly Petrov acredita que a Caterham está satisfeita com seu trabalho e disse que não está preocupado ou nervoso com a definição do seu futuro na escuderia malaia para a próxima temporada

Vitaly Petrov não quer mais viver novamente a experiência de 2011, quando foi dispensado da Renault dias depois do fim da temporada passada, ficando com seu futuro indefinido até o começo deste ano, quando foi contratado pela Caterham como substituto de Jarno Trulli já durante a pré-temporada.

O piloto russo, de 27 anos, entende que vem fazendo um bom trabalho na equipe malaia e acredita que os comandados de Tony Fernandes estão felizes com seu rendimento. Dessa forma, Vitaly disse que não há razões para ficar nervoso com seu futuro na F1.

Petrov disse que espera definir futuro na Caterham depois de agosto (Foto: Caterham/Facebook)

Ainda em férias no seu país-natal, Petrov deu uma rápida entrevista ao site russo ‘F1 News’ e disse que a seu futuro para 2013 será anunciada em breve. “Acho que depois de agosto”, garantiu o piloto, que seguiu o discurso da sua agente, Oksana Kosachenko, avisando que vai definir os rumos da carreira Vitaly antes do outono europeu, ou seja, até setembro.

Petrov sabe que a fase atual, de férias nas pistas, representa o início das negociações visando a próxima temporada. “Nesse momento, toda a conversa sobre transferência de pilotos está apenas começando”, considerou o piloto, que se mostrou tranquilo com seu trabalho na Caterham. “O importante é que a equipe está feliz comigo, eles disseram isso na imprensa e para mim, pessoalmente”, acrescentou.

Questionado se estaria nervoso com a indefinição se fica ou deixa a Caterham ao fim desta temporada, Petrov negou de maneira taxativa. “Talvez, em outra situação, estaria, mas pelo fato de eu ter bons resultados e de trabalhar bem com a equipe, não vejo razões para isso”, finalizou o ex-piloto da Renault.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube