“Não estamos prontos”, admite Grosjean ao falar da preparação da Lotus para GP da Austrália

A Lotus, que não participou da primeira semana de testes, em Jerez, não conseguirá fazer todas as checagens que gostaria de fazer antes da abertura do Mundial de F1 de 2014

Como todas as equipes da Renault, a Lotus não estará devidamente pronta para o GP da Austrália, daqui a duas semanas. A afirmação é de Romain Grosjean, piloto do time inglês, que acredita que será preciso um pouco mais de tempo para deixar o E22 nos trinques.

A Lotus decidiu não testar em Jerez com o E22 e só promoveu a estreia do seu carro para a temporada 2014 na semana passada, no Bahrein. Teve, portanto, quatro dias de testes a menos que as demais equipes.

E, de acordo, com Grosjean, o time não vai conseguir riscar todos os itens de seu checklist.

Mas não é nem o fato de ter ficado fora dos primeiros testes o principal responsável por isso. O francês culpa, na realidade, o tempo que é perdido nos boxes para se fazer reparos nos novos carros, impulsionados por complexas unidades de força dotadas de motor V6 turbo e dois sistemas de recuperação de energia.

Romain Grosjean lamentou o planejamento atrasado da Lotus (Foto: Getty Images)

“Quando você quebra alguma coisa, leva entre duas e três horas para resolver. Então, se tem três problemas em um dia, acabou o dia. Em termos de preparação, não estamos prontos”, declarou.

“Não será perfeito para Melbourne, e provavelmente para a Malásia também não, mas vamos fazer o nosso melhor e tentar fazer as coisas o melhor possível para, aos poucos, melhorar tudo. A lista é muito longa para ticarmos tudo antes de Melbourne, e lá nós não teremos tempo para fazer tudo o que queremos”, comentou o francês.

Apesar não parece ter um desempenho que permita ao time sonhar em ver Grosjean repetindo os competitivos resultados do final da temporada passada. Ele foi ao pódio em quatro das últimas seis provas.

A pré-temporada se encerra neste domingo. No dia 16, os carros alinharão no grid para a abertura do novo campeonato.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube