Nas ruas de Caracas, Maldonado enfrenta asfalto acidentado e danifica carro da Williams em exibição

Pastor Maldonado fez sua primeira aparição na Venezuela após vencer o GP da Espanha, em maio. Mas o piloto acabou danificando a suspensão da Williams após bater no meio-fio.

Aproveitando a pausa da F1, a Williams foi até Caracas, capital da Venezuela, para uma exibição com Pastor Maldonado. Era a volta do piloto para casa após ter vencido o GP da Espanha, em maio. Ele deu algumas voltas no Fuerte Tiunas, área militar, na presença de 20 mil populares, VIPs, políticos e militares, além de Frank Williams e Toto Wolff. Mas nem tudo saiu como o esperado e a apresentação do venezuelano teve alguns problemas.

Por conta do asfalto muito acidentado, Maldonado deu um 360º e acabou quebrando a suspensão do FW33 no meio-fio, que fez com que parte da programação do dia fosse cancelada. Mas Rodolfo Gonzalez, piloto da Caterham na GP2, deu oito voltas com seu carro e acabou ocupando parte do dia que estava reservada ao piloto da Williams.

Pastor Maldonado enfrentou problemas durante sua exibição em Caracas (Foto: Williams//LAT Photographic)

Logo após o carro ser consertado, Maldonado voltou às ruas de Caracas para completar sua exibição e fazer a festa com seus compatriotas, que celebraram muito a vitória do piloto em Barcelona, a primeira de sua carreira na F1 que começou na última temporada, quando foi companheiro de Rubens Barrichello.

Além de Maldonado e Gonzalez, outros esportistas locais, como o esgrimista Ruben Limardo, primeiro sul-americano a ganhar uma medalha de ouro na modalidade nos Jogos Olímpicos, e EJ Viso, companheiro dos brasileiros Barrichello e Tony Kanaan na KV Racing, também participaram da festa que comemorava o dia nacional dos esportes na Venezuela.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube