Nasr fica no Q1 atrás até de Ericsson e diz que perdeu chance de avançar na classificação nas últimas duas curvas

Uma classificação para Felipe Nasr esquecer. Após fazer o tempo de 1min24s997, o brasileiro da Sauber ficou ainda no Q1 do treino classificatório em Hungaroring, e largará apenas em 18º na corrida do domingo

#GALERIA(5392,106223)

 Uma classificação para esquecer para Felipe Nasr. Aconteceu na manhã deste sábado (25) a tomada de tempos para o GP da Hungria. Após marcar apenas o tempo de 1min24s997, o brasileiro ficou ainda no Q1 e conquistou apenas a 18ª posição do grid de largada.

Ao comentar sobre sua sessão, ele creditou o resultado em Hungaroring por conta das duas últimas curvas. “Acabei perdendo tempor ali nas duas últimas curvas”, afirmou.

O NOVO PROJETO DO GRANDE PRÊMIO

Flavio Gomes: nossos patrões — os detalhes do projetoColabore com o projeto e ganhe uma camiseta da Red Bull

Felipe Nasr (Foto: AP)

Nasr ainda continuou, dizendo que sabia que não seria um traçado fácil para o carro da Sauber. “Nós já sabíamos que nesta pista seria difícil, era esperado que nesse calor a gente ia sofrer, principalmente por causa do falta de downforce do carro. Então, lutamos um pouco com isso”, explicou o piloto para a TV "Globo".

"O carro está escorregando muito,  e isso é péssimo para os pneus. É difícil ficar sem sentir a aderência por uma volta completa. Amanhã vai ser uma corrida difícil, e vamos tentar capitalizar em alguns erros de outras equipes e fazer nosso melhor", encerrou.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube