Nasr mostra confiança no carro da Sauber para GP de Cingapura, mas aponta clima como “verdadeiro desafio”

Felipe Nasr terminou em décimo lugar o GP de Cingapura do ano passado. Com boas lembranças, o brasileiro encara a etapa deste fim de semana ciente de que o fator climático vai deixar a jornada ainda mais difícil. Mas a confiança no potencial do C35 aumenta a cada dia

google_ad_client = “ca-pub-6830925722933424”;
google_ad_slot = “5708856992”;
google_ad_width = 336;
google_ad_height = 280;

A Sauber chega a Cingapura para a disputa da 15ª etapa da temporada 2016 otimista com a possibilidade de alcançar seu melhor resultado neste ano no Mundial. No ano passado, a escuderia suíça chegou aos pontos com Felipe Nasr, que terminou em décimo lugar em Marina Bay. Agora, a confiança está nas atualizações desenvolvidas para o C35 e a perspectiva de um equilíbrio maior proporcionado pelas características do desafiador circuito urbano de 5,065 m.
 
Nasr tem boas lembranças de Cingapura justamente em razão do ponto somado no ano passado. O brasiliense de 24 anos gosta do circuito de Marina Bay, mas disse que o clima equatorial, no qual predominam o calor e a alta umidade, pode tornar a prova um desafio ainda maior aos pilotos por ser muito exigente fisicamente.

window._ttf = window._ttf || [];
_ttf.push({
pid : 53280
,lang : “pt”
,slot : ‘.mhv-noticia .mhv-texto > div’
,format : “inread”
,minSlot : 1
,components : { mute: {delay :3}, skip: {delay :3} }
});

(function (d) {
var js, s = d.getElementsByTagName(‘script’)[0];
js = d.createElement(‘script’);
js.async = true;
js.src = ‘//cdn.teads.tv/media/format.js’;
s.parentNode.insertBefore(js, s);
})(window.document);

Felipe Nasr somou um ponto no GP de Cingapura de 2015 (Foto: AP)
“Gosto muito do GP de Cingapura, a corrida à noite, bem como a atmosfera na cidade: uma vez a F1 lá, isso faz com que seja um fim de semana especial. É um ótimo circuito de rua, e correr sob altas temperaturas é um verdadeiro desafio”, comentou Felipe em prévia divulgada pela Sauber. 
 
“Tenho boas lembranças do GP de Cingapura do ano passado, já que eu consegui marcar um ponto”, disse o brasileiro, otimista com o potencial do C35.
 
“Tenho confiança em nosso carro, de modo que eu sinto que demos um passo em frente no rumo certo, ainda que não possamos ver isso se refletir em resultados. Em Cingapura, muita coisa pode acontecer durante a corrida, então nós precisamos aproveitar cada oportunidade que possa surgir”, complementou.
 

google_ad_client = “ca-pub-6830925722933424”;
google_ad_slot = “5708856992”;
google_ad_width = 336;
google_ad_height = 280;

O brasileiro escolheu, dentre os 13 jogos de pneus para o fim de semana, um jogo de macios, quatro de supermacios e oito de ultramacios, a novidade deste ano em termos de pneus para a F1. Marcus Ericsson, seu companheiro de equipe, escolheu três jogos de supermacios e nove de ultramacios, além de apenas um de macios.

 
Ericsson acredita em chance real de pontos no fim de semana. “Vimos resultados positivos a partir do pacote do carro durante os últimos finais de corrida, então nosso objetivo é certamente lutar por pontos em Cingapura”, concluiu.
PADDOCK GP #45 COMENTA FIM DE SEMANA COM F1, INDY, MOTOGP E WEC

.embed-container { position: relative; padding-bottom: 56.25%; height: 0; overflow: hidden; max-width: 100%; } .embed-container iframe, .embed-container object, .embed-container embed { position: absolute; top: 0; left: 0; width: 100%; height: 100%; }

google_ad_client = “ca-pub-6830925722933424”;
google_ad_slot = “8352893793”;
google_ad_width = 300;
google_ad_height = 250;

fechar

function crt(t){for(var e=document.getElementById(“crt_ftr”).children,n=0;n80?c:void 0}function rs(t){t++,450>t&&setTimeout(function(){var e=crt(“cto_ifr”);if(e){var n=e.width?e.width:e;n=n.toString().indexOf(“px”)

var zoneid = (parent.window.top.innerWidth document.MAX_ct0 = '';
var m3_u = (location.protocol == 'https:' ? 'https://cas.criteo.com/delivery/ajs.php?' : 'http://cas.criteo.com/delivery/ajs.php?');
var m3_r = Math.floor(Math.random() * 99999999999);
document.write("”);

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube