Nasr revela otimismo e entende que Sauber ainda é “um lugar muito atraente para se estar” na F1 no futuro

Felipe Nasr se mostrou bastante otimista com o novo momento vivido pela Sauber na F1, após a compra pela Longbow Finance, e entende que a equipe suíça ainda é um lugar muito atraente para se estar. O brasileiro segue sem saber aonde vai correr em 2017

google_ad_client = “ca-pub-6830925722933424”;
google_ad_slot = “2258117790”;
google_ad_width = 300;
google_ad_height = 600;

Ainda sem saber que cores vai defender no próximo ano na F1, Felipe Nasr afirmou que a Sauber segue sendo um "lugar bastante atraente" para 2017. O brasileiro estreou no Mundial na temporada passada pela equipe suíça e, neste campeonato, vem enfrentando um ano difícil pelas limitações técnicas do fraco C35 e pelas restrições financeiras da equipe. E não somou pontos ainda, ocupando apenas a 22ª posição na classificação geral.

 
Porém, o time suíço foi comprado em julho passado pelo grupo de investimentos Longbow Finance. O negócio deu algum fôlego para a equipe, que já promoveu atualizações no carro, além da contratação de novos profissionais
 
Questionado sobre o futuro e se a permanência na esquadra chefiada por Monisha Kaltenborn é uma possibilidade, Nasr respondeu: "É difícil dizer. Neste momento, eu não tenho nenhuma novidade."
Felipe Nasr quer tirar proveito da Sauber em Cingapura (Foto: Beto Issa)

google_ad_client = “ca-pub-6830925722933424”;
google_ad_slot = “5708856992”;
google_ad_width = 336;
google_ad_height = 280;

window._ttf = window._ttf || [];
_ttf.push({
pid : 53280
,lang : “pt”
,slot : ‘.mhv-noticia .mhv-texto > div’
,format : “inread”
,minSlot : 1
,components : { mute: {delay :3}, skip: {delay :3} }
});

(function (d) {
var js, s = d.getElementsByTagName(‘script’)[0];
js = d.createElement(‘script’);
js.async = true;
js.src = ‘//cdn.teads.tv/media/format.js’;
s.parentNode.insertBefore(js, s);
})(window.document);
"Tudo o que sei é as coisas estão progredindo na Sauber, a equipe está realmente trabalhando muito. Há muitas pessoas vindo e ainda é um lugar bastante atraente para se estar", completou o piloto durante a entrevista coletiva para o GP de Cingapura, que acontece neste fim de semana. 

 
Felipe também lembrou seus dois anos de Mundial e acha que as dificuldades o ajudaram a se tornar um piloto melhor.  "No ano passado, eu tive muitas chances de marcar pontos, é muito bom para o piloto saber que tem algo pelo que lutar. Neste ano, estamos enfrentando mais problemas, mas, por outro lado, você também tem a oportunidade de explorar aquelas áreas em que ainda não está tudo 100%. Então, como piloto, hoje eu me sinto mais completo", explicou o competidor de 24 anos.
 
O brasileiro acredita que a equipe suíça pode encontrar em Marina Bay uma boa oportunidade para fazer o time sair do zero na classificação da F1. “Tenho confiança em nosso carro, de modo que eu sinto que demos um passo em frente no rumo certo, ainda que não possamos ver isso se refletir em resultados. Em Cingapura, muita coisa pode acontecer durante a corrida, então nós precisamos aproveitar cada oportunidade que possa surgir”, encerrou.
PADDOCK GP #46 TRAZ BOB KELLER E DEBATE VITÓRIAS DE FRAGA E PEDROSA

.embed-container { position: relative; padding-bottom: 56.25%; height: 0; overflow: hidden; max-width: 100%; } .embed-container iframe, .embed-container object, .embed-container embed { position: absolute; top: 0; left: 0; width: 100%; height: 100%; }

google_ad_client = “ca-pub-6830925722933424”;
google_ad_slot = “8352893793”;
google_ad_width = 300;
google_ad_height = 250;

fechar

function crt(t){for(var e=document.getElementById(“crt_ftr”).children,n=0;n80?c:void 0}function rs(t){t++,450>t&&setTimeout(function(){var e=crt(“cto_ifr”);if(e){var n=e.width?e.width:e;n=n.toString().indexOf(“px”)

var zoneid = (parent.window.top.innerWidth document.MAX_ct0 = '';
var m3_u = (location.protocol == 'https:' ? 'https://cas.criteo.com/delivery/ajs.php?' : 'http://cas.criteo.com/delivery/ajs.php?');
var m3_r = Math.floor(Math.random() * 99999999999);
document.write("”);

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube