Nasr se diz ansioso e confia no conhecimento prévio do traçado de Sepang para repetir boa atuação da estreia

Felipe Nasr se disse bastante ansioso pela prova da Malásia, que acontece neste fim de semana, e entende que o conhecimento prévio do traçado representa uma vantagem a mais para tentar repetir a boa atuação da estreia

google_ad_client = “ca-pub-6830925722933424”;
google_ad_slot = “2258117790”;
google_ad_width = 300;
google_ad_height = 600;

Depois de conquistar um sólido quinto lugar na Austrália e se tornar o melhor brasileiro a estrear na F1, Felipe Nasr agora volta suas atenções para o GP da Malásia, a segunda etapa da temporada 2015 e que acontece neste fim de semana. O piloto de 22 anos se mostrou confiante e ressaltou que, diferente de Melbourne, o conhecimento prévio do traçado de Sepang é um fator que pode fazer uma diferença maior no resultado final da prova deste domingo.

Nasr também entende que o carro suíço deve se adaptar facilmente ao longo circuito malaio. "Estou realmente ansioso pelo GP da Malásia", disse Felipe. "Será mais fácil para mim a preparação para a corrida, porque já conheço muito bem a pista, o que não era o caso em Melbourne", completou.

"Olhando os nossos tempos nos testes de pré-temporada, estou realmente confiante de que o nosso carro vai adequar bem ao traçado. Depois da abertura do campeonato, acho que essa é uma corrida em que podemos ser mais otimistas", acrescentou.

Felipe Nasr foi o quinto na estreia na F1 (Foto: Getty Images)

O brasileiro, em seguida, fez uma análise das condiões climáticas e do próprio circuito. "A pista é composta por algumas retas longas e curvas bem fechadas, por isso esperamos um grande desgaste dos pneus", explicou Felipe

“Por outro lado, é positivo ver que o nosso carro tem uma velocidade decente de reta, mas acho que um pouco mais de downforce nos ajudaria a ganhar tempo nas curvas de alta velocidade."

Nasr não vai andar no primeiro treino livre de sexta-feira (27). A Sauber decidiu colocar o reserva Raffaele Marciello para guiar o C34 no lugar do brasileiro.

ACERTOU NA MOSCA

33 CARROS, 66 PILOTOS. 25 títulos da Stock Car na pista, 14 ex-pilotos da F1 e, dentre eles, um campeão. Estrelas de campeonatos de turismo e endurance ao redor do mundo. Prost e Senna companheiros de equipe outra vez no grid. Uma corrida bem disputada no domingo de manhã. Mais uma vez, a Stock Car deu a largada para a temporada com o pé direito. Não há dúvidas disso, depois da segunda edição da Corrida de Duplas em Goiânia. 

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube