F1

Naturalização do rebaixamento cria “pressão desgraçada” para jovens da Red Bull

A Red Bull promoveu mais um rebaixamento na Fórmula 1, descendo Pierre Gasly para a Toro Rosso. No Paddock GP, Gabriel Curty comentou como essa naturalização feita pelo time é prejudicial para os pilotos

Grande Prêmio / Redação GP, de São Paulo
Mais uma vez a Red Bull rebaixou um de seus pilotos para a Toro Rosso, equipe B. A “vítima” da vez foi Pierre Gasly, assim como aconteceu com Daniil Kvyat, e no PADDOCK GP #172, Gabriel Curty indicou como o time tem naturalizado o rebaixamento e criticou a criação de pressão nos competidores. ASSISTA

Apoie o GRANDE PRÊMIO: garanta o futuro do nosso jornalismo

O GRANDE PRÊMIO é a maior mídia digital de esporte a motor do Brasil, na América Latina e em Língua Portuguesa, editorialmente independente. Nossa grande equipe produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente, e não só na internet: uma das nossas atuações está na realização de eventos, como a Copa GP de Kart. Assim, seu apoio é sempre importante.

Assine o GRANDE PREMIUM: veja os planos e o que oferecem, tenha à disposição uma série de benefícios e experiências exclusivas, e faça parte de um grupo especial, a Scuderia GP, com debate em alto nível.