Latifi se vê capaz de liderar Williams se Russell sair: “Eu me sentiria mais confortável”

Nicholas Latifi trabalhou a imaginação e pensou no futuro da Williams contando com a saída de George Russell. O canadense acredita que é capaz de liderar a equipe, mesmo com novo regulamento entrando em vigor na Fórmula 1 a partir de 2022

▶️ Inscreva-se nos dois canais do GRANDE PRÊMIO no YouTube: GP | GP2

A Williams está no centro do mercado neste momento da temporada, pois pode perder George Russell para a Mercedes. Com isso, Nicholas Latifi vai virar o piloto com mais bagagem dentro da equipe, a caminho de seu terceiro ano na Fórmula 1. Mesmo novo, o canadense garante não se abalar com pressão.

Além da mudança nos pilotos, a Williams ainda vai sofrer com alterações no regulamento, que vão causar grandes modificações nos carros em 2022. Essas mudanças radicais podem alternar o rumo do time sem um líder interno para acalmar a situação. Questionado sobre o posto, Latifi respondeu.

LEIA TAMBÉM
+Räikkönen anuncia aposentadoria ao fim da temporada 2021 da Fórmula 1 via Instagram
+Último da geração, Räikkönen deixa Fórmula 1. E sempre soube o que estava fazendo

Nicholas Latifi conseguiu pontuar nas duas últimas corridas (Foto: Williams)

“Se o George sair e eu continuar, com certeza [sentiria um líder]. Acho que, por natureza, se sou o piloto mais experiente na equipe, com certeza me sentiria mais confortável no time”, afirmou.

“Naturalmente, entrar no próximo ano com novos carros e novo regulamento, talvez seja um pouco diferente. Se o carro da próxima temporada fosse apenas uma evolução da atual, sua experiência seria mais valiosa. Você saberia forças e fraquezas do atual carro, qual caminho levar para o desenvolvimento, como modificar o estilo de pilotagem. Mas o carro [de 2022] deve ser completamente diferente das características atuais”, finalizou.

Para o próximo campeonato, Latifi ainda não foi confirmado pela Williams, mas está bem encaminhado. Jost Capito, diretor do time, disse no início de agosto que o canadense ainda precisa evoluir, mas que pretende mantê-lo para 2022.

Felipe Giaffone é o convidado especial do Paddockast #119, que discute: o que mudar para evitar uma não-corrida? Ouça!

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube

Saiba como ajudar