F1

Norris vibra com primeiros pontos na F1 e se surpreende com sexto lugar no Bahrein: “Não sei de onde veio”

Lando Norris consolidou um fim de semana muito positivo da McLaren no Bahrein e terminou na sexta colocação, marcando pontos logo na sua segunda corrida como piloto da F1. O britânico de 19 anos mostrou bom ritmo desde o início da prova e ainda contou com a sorte no abandono de Nico Hülkenberg, que estava à sua frente

Grande Prêmio / Redação GP, de Sumaré

Além da grandiosa performance de Charles Leclerc, outra enorme atuação de um jovem piloto foi destaque neste domingo (31) de GP do Bahrein. Lando Norris, no seu segundo GP como piloto de F1, viveu uma grande noite em Sakhir e finalizou na sexta colocação, faturando seus primeiros pontos no Mundial e também da McLaren na temporada 2019. É a consolidação de uma forte performance da escuderia de Woking, que perdeu a chance de somar pontos com os dois carros por conta do incidente entre Carlos Sainz e Max Verstappen no início da prova.
 
Ao falar sobre a prova deste domingo, Norris comemorou. “Sim, foi uma boa corrida. Muito melhor que a Austrália e com muitos pontos. Sexto lugar, mesmo chegando a passar pela brita. A velocidade foi boa”, salientou.
Lando Norris brilhou nesta noite de domingo no Bahrein (Foto: McLaren)
Norris ainda fez uma autocrítica sobre seu desempenho. “Talvez tenha de ser mais agressivo às vezes. Por outro lado, não queria ser alguém cometendo erros, e a corrida foi longa de todas as maneiras”, salientou. 
 
“Uma corrida muito melhor e com um grande resultado para a equipe e para mim”, acrescentou o prodígio de 19 anos, que foi aos pontos assim como outro novato na temporada: Alexander Albon, que cruzou a linha de chegada em nono com a Toro Rosso.
 
Lando se mostrou bastante surpreso com o resultado. “Não sei de onde veio. Tive um ritmo melhor do que o esperado”, explicou o piloto, que caiu para 14º lugar na primeira volta depois de ter largado em nono e se recuperou ao ponto de estar entre os dez primeiros. No fim, o sétimo lugar virou sexto com o abandono de Nico Hülkenberg, da Renault, no fim da prova.
 
Norris também falou sobre a disputa que travou com o campeão mundial Kimi Räikkönen ao longo da prova. O ‘Homem de Gelo’ cruzou a linha de chegada logo atrás de Lando, em sétimo. “Foi derrubado para 12º por causa de algum toque e voltei para sexto. Pude alcançá-lo algumas voltas antes. Usei minha própria iniciativa”, finalizou.