Nova chefe da Sauber exalta origem indiana e fala em desafio para conciliar viagens e família

Em entrevista concedida ao site oficial da F1, Monisha Kaltenborn revelou como consegue conciliar o lado mãe com a função de chefe de equipe da Sauber. A dirigente, nascida na Índia, mas criada na Áustria, falou com orgulho das suas origens

Monisha Kaltenborn entrou para a história do esporte ao ser a primeira mulher a chefiar uma equipe na F1, a principal categoria do automobilismo mundial. Mas sua vida, claro, está muito além dos boxes e da responsabilidade, cada vez maior, à frente da equipe de Peter Sauber, que lhe entregou o comando no último fim de semana, na Coreia do Sul. Monisha, de 41 anos, é advogada de formação, casada com Jens Kaltenborn e mãe de dois filhos. E seu grande desafio é conseguir conciliar o lado família com o comando da Sauber.

“Geralmente dá muito certo, ainda que, em algumas situações, isso seja um desafio organizacional e emocional”, disse Monisha durante entrevista concedida ao site oficial da F1, veiculada nesta quarta-feira (14).

Do Himalaia para o mundo, Monisha faz história na F1 (Foto: Sauber)

“Acredito que é muito importante envolver as crianças. Nós ficamos em contato nos finais de semana de GP pelo telefone ou Skype. Nos dias de hoje, felizmente, existem tais opções. Em casa, meu marido, meus pais e uma babá conseguem amenizar minhas ausências profissionais. Tenho muito apoio, e as crianças ficam muito orgulhosas do que sua mãe faz”, comentou a indo-austríaca, igualmente orgulhosa do seu trabalho.

Mais do que o orgulho, Kaltenborn está feliz pelo novo desafio em sua carreira. A nova comandante da Sauber está ciente do grande desafio que terá pela frente depois de mais de quatro décadas de uma empresa sob o comando de uma lenda do automobilismo.

“Estou muito feliz pela confiança que Peter Sauber depositou em mim”, afirmou Monisha, que destacou sua ascensão na Sauber desde sua chegada, em 2010. “Cresci passo a passo nesta função. Fui chefe do departamento jurídico da empresa desde 2000; em 2001 entrei para o Conselho de Administração; em 2010 me tornei CEO e, no fim de 2011, tive um terço das ações da empresa. Tenho plena consciência do que significa assumir a responsabilidade nessa empresa, que mais de 40 anos e envolvida há 20 na F1.”

Monisha nasceu em 10 de maio de 1971 em Dehradun, norte da Índia, na região das montanhas do Himalaia. De sobrenome Narang, a nova comandante da Sauber passou a assinar Kaltenborn após o casamento com Jens. Mesmo não utilizando seu sobrenome de nascimento, Monisha exaltou a sua origem.

Orgulhosa das suas origens indianas, Monisha está feliz com a confiança de Peter Sauber (Foto: Sauber)

“Eu gosto muito do meu nome indiano. Minha herança indiana e a família dos meus pais têm um grande significado para mim, por isso eu jamais quis abrir mão do ‘Narang’. Por outro lado, você tem de admitir que assinar nomes duplos não são muito práticos no dia-a-dia nos negócios. É por isso que raramente usam meu nome completo”, justificou a indo-austríaca, ansiosa para o GP da Índia, próxima etapa do Mundial de F1, no fim de outubro.

“Obviamente estou particularmente ansiosa para esta corrida no meu país. Como eu viajo para todos os GPs, como parte do meu trabalho, não tenho tempo para viagens particulares à Índia. Durante meus dias de escola e universidade, ia para lá regularmente. Meu marido Jens e eu celebramos nosso casamento na Índia com uma fabulosa e cerimônia hindu. Eu me sinto muito ligada à Índia”, complementou Monisha.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube