Com “nova evidência”, Aston Martin ratifica recurso contra desclassificação de Vettel

Aston Martin ratificou apelação contra desclassificação de Sebastian Vettel no GP da Hungria. Equipe afirma ter nova evidência significativa que pode dar uma visão diferente ao caso. FIA não decidiu data de julgamento

A decepção de Daniel Ricciardo com um GP da Hungria fraco (Vídeo: F1)

Em nota oficial divulgada nesta quinta-feira (5), a Aston Martin ratificou a apelação contra a desclassificação de Sebastian Vettel no GP da Hungria. O piloto alemão perdeu o pódio conquistado no Hungaroring no último domingo por uma violação técnica, já que a equipe não conseguiu remover 1L de amostra de combustível do carro para análise . Vettel não conseguiu levar o carro para o pit-lane depois da corrida e ficou parado à altura da curva 12..

A equipe tinha 96 horas após a punição para pedir a apelação, que foi oficialmente ratificada após este período. A Aston Martin afirma que não há sugestão de que Sebastian teve ganho de performance por conta da suposta violação, e também afirma que a falha não foi deliberada.

O time também cita que os dados da equipe indicam que havia mais do que 1L de combustível no carro após a corrida, e a equipe imediatamente reservou o direito de revisão junto com o procedimento de apelação, solicitando a revisão da desclassificação após descobrir novas evidências significantes para a análise, que não estavam disponíveis na hora da decisão dos comissários, que veio horas após a bandeira quadriculada.

Vettel tenta manter segundo lugar (Foto: Aston Martin)

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube! Clique aqui.
Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram!

Para análise do caso, a FIA lacrou e apreendeu o carro de Vettel, levando ao departamento técnico da federação, na França. Uma data oficial para o julgamento da apelação da Aston Martin não foi informada.

Tetracampeão mundial, Sebastian cruzou a linha de chegada na Hungria no segundo lugar. O resultado marcaria o segundo pódio de Vettel desde que se transferiu para a Aston Martin, em 2021. Lewis Hamilton herdou a posição no Hungaroring, com Carlos Sainz, da Ferrari, fechando o pódio. Esteban Ocon, da Alpine, foi o vencedor.

COMO SERIA A LARGADA GP DA HUNGRIA DE F1 SE HAMILTON ENTRASSE NOS BOXES?

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube

Saiba como ajudar