F1

Novidade no grid neste fim de semana em Cingapura, Rossi escolhe número para estreia na F1 pela Manor

O norte-americano Alexander Rossi vai utilizar o número 53 em sua estreia no Mundial de F1 com a equipe Manor neste fim de semana em Cingapura

Warm Up / Redação GP, de São Paulo
É com o número 53 no carro que o norte-americano Alexander Rossi vai disputar o GP de Cingapura deste fim de semana, seu primeiro no Mundial de F1. A confirmação foi feita pela equipe Manor na manhã desta quinta-feira (17).

Rossi, primeiro piloto estadunidense a correr desde Scott Speed em 2007, ocupará o lugar de Roberto Merhi em cinco das sete provas que restam na temporada 2015. Dentre elas, as três etapas americanas do campeonato, nos Estados Unidos, no México e no Brasil.

Ele disse que sua primeira opção de número era o 16, mas, na verdade, este já está reservado aos pilotos reservas da Red Bull. Assim, ele mudou para o 53, "que vai dar um logo legal", assegurou.
Alexander Rossi vai estrear no Mundial pela Manor (Foto: Getty Images)
Depois, no Twitter, o piloto revelou a fonte de inspiração para a escolha feita: Herbie, o Fusca turbinado, personagem de uma série de filmes da Disney. O primeiro deles foi o clássico de 1969, "Se meu Fusca falasse". O mais recente foi lançado em 2005.


Desde 2014, os pilotos ganharam o direito de escolher o número com o qual vão competir na F1. As opções vão do 2 ao 99, com o numeral 1 ficando reservado para o campeão mundial.

Neste ano, porém, o 1 não está em uso porque o campeão do ano passado, Lewis Hamilton, preferiu seguir com o 44.