Ocon diz que “mudou tudo na vida” para evitar vírus e garantir volta à Fórmula 1

Perder o retorno ao grid da F1 pelo coronavírus seria um pesadelo para Esteban Ocon, afastado desde 2018. O francês redobrou cuidados, até para evitar contaminação na Renault

Todo mundo está com saudades da Fórmula 1, mas isso é ainda mais verdade para Esteban Ocon. O francês passou a temporada 2019 fora das pistas após perder vaga na Racing Point, só retornando em 2020 após encontrar vaga na Renault. O ano sabático forçado levou o piloto a tomar uma abordagem diferente durante a pandemia: evitar todo e qualquer risco de pegar o vírus, o que levaria a ainda mais tempo longe das pistas.

“Eu estou mudando tudo”, disse Ocon em declarações divulgadas pela Renault. “Não há uma única coisa que eu faça da mesma forma que antes na minha vida hoje em dia. Quando eu viajo ou quando eu vou comprar frutas no supermercado, qualquer coisa, sempre é diferente”, seguiu.

Ocon já deixou claro que levaria o coronavírus a sério em Melbourne, antes do cancelamento de última hora do GP da Austrália. O francês foi o único a aparecer de máscara no paddock, isso em uma época em que o uso da proteção era reservado apenas às pessoas contaminadas pelo vírus. Pareceu exagero na ocasião, mas fez sentido para alguém que queria correr na primeira oportunidade.

Esteban Ocon cansou de esperar pelo retorno a um GP de Fórmula 1 (Foto: Renault)

“Seria louco esperar tanto tempo, passar por tanta preparação e chegar na pista com um teste positivo [para coronavírus], ou arriscar passar o vírus para os outros na equipe. Eu definitivamente estou sendo muito cuidadoso. É impossível eliminar o risco, infelizmente, mas você pode mudar coisas e ser cuidadoso”, encerrou.

Para Daniel Ricciardo, a abordagem é semelhante. O piloto passou o período sem corridas com a família na Austrália, onde já estava para a corrida em Melbourne, e já voltou à Europa. Tudo com tanto cuidado quanto possível.

“Claro, eu só me desloco com máscaras e usando muitos produtos de limpeza, assim como a maioria provavelmente está fazendo. Eu volto do supermercado e até limpo os pacotes antes de guardar. Eu diria que são medidas extras, mas certamente necessárias agora”, encerrou.

O cuidado extra dos pilotos virou chave para as chances de sucesso da F1 no retorno às pistas. É que um único teste positivo para coronavírus é capaz de forçar uma equipe inteira a se retirar das atividades de um GP. E, ao contrário do visto na Austrália, o certame promete ir em frente mesmo que sem um grid completo.

O GP da Áustria é já nesta semana. A prova no Red Bull Ring, com portões fechados, está marcada para domingo (5).

O GRANDE PRÊMIO acompanha AO VIVO e em TEMPO REAL todo o fim de semana do GP da Áustria, prova que abre a temporada 2020 do Mundial de Fórmula 1, neste fim de semana. Siga tudo aqui.

Acesse as versões em espanhol e português-PT do GRANDE PRÊMIO, além dos parceiros Nosso Palestra e Teleguiado.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube

Saiba como ajudar