Ocon se defende e diz que “estragaria volta de ambos se deixasse Räikkönen passar” no Q2

Eliminado no Q2, Esteban Ocon explicou o incidente com Kimi Räikkönen durante a classificação do GP da Itália. Situação chegou a ser investigada pela direção de prova, mas ambos foram isentados de culpa

Esteban Ocon, da Renault, e Kimi Räikkönen, da Alfa Romeo, protagonizaram um momento curioso na primeira parte da classificação do GP da Itália, realizada em Monza, neste sábado (5). Na batalha para conseguir vácuo nas voltas rápidas, Räikkönen levou duas fechadas do piloto do francês.

O momento foi captado pelas câmeras durante a transmissão e rendeu uma investigação da FIA, que isentou os pilotos de culpa e de punições. No domingo, Ocon larga em 12º e Räikkönen em 14º. O francês explicou a cena em entrevista após o treino.

Esteban Ocon não conseguiu avançar ao Q3 (Foto: Renault)

“Muita coisa aconteceu na classificação. Foi mais corrida do que classificação. Eu sai dos boxes à frente do Räikkönen e é assim que deveríamos começar. No fim, ele estava me atacando e muito perto. Se ele me ultrapassa, estraga a volta de ambos”, explicou o francês, que ainda lamentou ter sido enviado para a pista em momento não apropriado. “No Q2, não conseguimos agir direito e saímos primeiro. Daniel saiu, mas eu estava sozinho [sem vácuo]. Não era o ritmo esperado, estava melhorando e provavelmente estaria entre os 10 primeiros. Será apertado porque todos estão próximos”, resumiu Ocon, que é 10º no campeonato.

Após investigação, a FIA anunciou que Esteban e Kimi não receberão punições pelo ocorrido.

“Os comissários ouviram os pilotos e os representantes das equipes do carro 31 [Ocon] e do carro 7 [Räikkönen]. Depois de rever múltiplos ângulos da evidência no vídeo, telemetria e GPS, os comissários concluíram que o que fez parecer um errático movimento dos carros foi causado por uma combinação de circunstâncias o que, segundo os dois pilotos presentes, concordaram que provavelmente foi inevitável e não foi perigoso”, declarou o órgão em nota oficial.

Fórmula 1 larga para a disputa do GP da Itália, oitava etapa da temporada 2020, às 10h10 (de Brasília) deste domingo. Antes, a partir de 9h, o GRANDE PRÊMIO faz a transmissão AO VIVO do BRIEFING pré-corrida, que analisa a classificação e as últimas informações vindas de Monza. Tudo na GPTV, o canal do GRANDE PRÊMIO no YouTube.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube