Ocon fala em respeito por Verstappen: “O que aconteceu na pista ficou na pista”

Rival de longa data de Max Verstappen, Esteban Ocon comentou que o relacionamento com o piloto holandês é respeitoso após o controverso acidente entre ambos no GP do Brasil de 2018

Fora do grid da Fórmula 1 em 2019, Esteban Ocon conseguiu assistir as batalhas entre Max Verstappen e Charles Leclerc ao longo do ano. Os pilotos foram rivais do francês no passado, e Ocon planeja reviver as disputas em 2020, assinado com a Renault.
 
A relação do francês com Verstappen ficou notoriamente conhecida no GP do Brasil de 2018. Na ocasião, o holandês liderava a corrida até colidir com Ocon, retardatário, perdendo a liderança para Lewis Hamilton. Posteriormente, o piloto da Red Bull empurrou o oponente no parque fechado, inconformado com a derrota.
 
Em entrevista à ESPN, o #31 comentou que apesar do ocorrido em Interlagos, a relação com Verstappen é respeitosa, e as coisas da pista não podem se misturar fora dela.
Esteban Ocon (Foto: Renault)
"Não falei com ele recentemente. Somos profissionais, então o importante é não criar problemas. O que aconteceu na pista, ficou na pista, e acho que precisamos separar. É claro que existiu uma tensão nos tempos em que corremos próximos, mas sempre tivemos respeito mútuo e acho isso importante", disse o francês.
 
Esteban também falou sobre a relação com Leclerc, citada como mais quente do que com Verstappen nos tempos de kartismo, além de citar a disputa com o holandês na F3 Euro em 2014, vencida por Ocon.
 
"Corremos muito próximos no kart quando nos conhecemos, mas acho que com Charles [Leclerc] era mais quente do que com ele. Quando eu deixei o kartismo, eles estavam correndo juntos e saiu faísca. Na Fórmula 3, disputamos o título e era uma grande rivalidade, como sempre houve em qualquer esporte entre dois caras. O mais importante é pensar na pista e fora da pista. Fora da pista tem que ter respeito, e é assim que é”, concluiu.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube