Organização do GP da Austrália minimiza ausência de Ecclestone no fim de semana em Melbourne

Diretor-executivo do GP da Austrália, Andrew Westacott disse que não está preocupado com o futuro da corrida depois de saber que Bernie Ecclestone não estará presente neste fim de semana em Melbourne para a abertura da temporada 2013 da F1

Homem mais poderoso da F1, Bernie Ecclestone não estará presente no próximo fim de semana em Melbourne, cidade que receberá, entre sexta-feira (15) e domingo o GP da Austrália, prova que marca a abertura da temporada 2013 do Mundial. A ausência do dirigente máximo do esporte levantou rumores na mídia local sobre um rompimento com a organização da prova, que luta para renovar o contrato com a F1, mas também batalha para obter redução de custos.

Mas Andrew Westacott, diretor-executivo do GP da Austrália, minimizou a ausência de Ecclestone e garantiu que não há pressa para definir o futuro da prova, cujo contrato com a F1 vai até 2015. Em entrevista coletiva concedida em Melbourne nesta terça-feira, Westacott disse que deseja mesmo é organizar um evento para deixar orgulhoso cada habitante da cidade.

GP da Austrália está garantido pelo menos até 2015 no calendário do Mundial de F1 (Foto: Getty Images)

“Bernie Ecclestone comanda uma empresa que se estende por 19 ou 20 corridas, e ele simplesmente não conseguiu vir neste fim de semana. Mas ele sabe que o evento aqui está dentro dos padrões da F1”, disse Westacott, aparentando tranquilidade.

“O governo sempre disse que as negociações vão ocorrer no começo do ano que vem ou no fim deste ano, por isso nada muda quanto ao nosso ponto de vista”, comentou o executivo. “O contrato termina em 2015, então não há necessidade de pressa. Nosso trabalho neste fim de semana é simplesmente fazer com que o evento possa ser motivo de orgulho para cada habitante de Melbourne”, acrescentou.

Por sua vez, Ecclestone sempre evidenciou simpatia pelo GP da Austrália e com a organização da corrida em Melbourne. Tanto que, pelo menos no discurso, o britânico disse que deseja manter a F1 por muito tempo em Albert Park. “Estamos felizes com Melbourne e ficaria feliz em assinar um contrato de 50 anos. Não temos problema algum com Melbourne, esperamos estar lá sempre”.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube