Organização do GP da Bélgica intervém e garante ingressos a 6 mil espectadores após calote de empresa

Quem comprou ingressos para o GP da Bélgica junto à empresa The Ticket Enterprise não vai ficar na mão. Para não causar prejuízo aos torcedores, a organização da corrida disponibilizará as entradas aos clientes da TTE, que precisam retirá-los nas proximidades do circuito de Spa-Francorchamps

Diante das dificuldades enfrentadas pela empresa The Ticket Enterprise, a organização do GP da Bélgica precisou atuar para não deixar que mais de seis mil torcedores ficassem sem os ingressos que adquiriram para a 12ª corrida do Mundial de F1. A TTE alegou que não conseguiu repassar as entradas por problemas financeiros que a levaram, inclusive, a dispensar a maior parte de seu corpo de funcionários.

O leitor Alexandre Santiago, que comprou ingressos para a corrida deste domingo (2) por intermédio da TTE, informou a redação do Grande Prêmio que a empresa e os promotores estão entrando em contato com os clientes para explicar o procedimento para a retirada dos bilhetes. “Tenho que ir chegar à Francorchamps e ir à um restaurante com alguns documentos” – número e detalhes do pedido e comprovante de pagamento. “A situação vai ser meio trabalhosa, mas melhor que nada”.

O GP da Bélgica de F1 acontece neste domingo (Foto: Red Bull/Getty Images)

No e-mail enviado aos compradores, a empresa esclarece que quem não foi contatado pela organização do GP da Bélgica deve entrar em contato por um dos meios listados no site oficial da prova. Aos que desejam ter mais informações a respeito da situação da empresa, foi recomendado um grupo de discussão no Facebook, criado pelos próprios clientes, que não sabiam qual seria o desfecho desta história.

A The Ticket Enterprise pediu desculpas pelos transtornos, causados pelas dificuldades financeiras que enfrenta. “Fomos forçados a dispensar a maior parte de nossos funcionários e sobraram apenas três para encontrar uma solução para todos os nossos clientes. É claro que isso é inaceitável e nunca foi o nosso padrão. Contudo, não tivemos alternativa”, afirmou.

“Nossa equipe está muito triste e desapontada por não ter superado este momento econômico, mas agradece a todos pela confiança nos últimos dez anos”, completou a empresa, que encerrou a nota recomendando que, a partir do próximo ano, os ingressos sejam adquiridos diretamente pelo site oficial do GP da Bélgica. “Eles foram fantásticos ao ajudar os nossos clientes!”.

O Grande Prêmio cobre 'in loco' neste fim de semana a 12ª etapa do Mundial de F1, o GP da Bélgica, direto de Spa-Francorchamps, com Evelyn Guimarães.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube