Piastri descarta correr em 2022 por foco em “tentar chegar à F1 num futuro próximo”

Novo reserva da Alpine, Oscar Piastri prefere não correr no ano que vem para se dedicar à nova função com o objetivo de aprender tudo o que for possível antes de dar o próximo passo

ACHAMOS OS DONOS DA BANDEIRA DE HAMILTON NO GP DE SP DE F1 | TT GP #39

Oscar Piastri é o líder da temporada 2021 da Fórmula 2 e, com duas rodadas triplas para o desfecho do campeonato, é o grande favorito ao título na disputa que trava com o chinês Guanyu Zhou, que vai subir para a F1 no ano que vem com a Alfa Romeo. Mas independente de ser ou não campeão da categoria de acesso, o australiano frisou que não vai seguir na F2 em 2022 para se dedicar por completo à função de reserva da Alpine e tentar dar o passo rumo à Fórmula 1 num futuro próximo. Por isso, o jovem de 20 anos não considera sequer correr em outras categorias justamente para não perder o foco na maior das categorias.

Piastri teria de esperar, pelo menos, até 2023, já que o contrato da Alpine com Fernando Alonso foi renovado por mais uma temporada, enquanto a escuderia de Enstone renovou o vínculo com Esteban Ocon até 2024.

Com a promoção de Zhou para a Alfa Romeo na F1 em 2021, o grid ficou fechado para Piastri, mas o australiano garante que seu fuco está no futuro. Por isso, Oscar descartou a possibilidade de correr em outras categorias para manter o ritmo. O piloto prefere vivenciar tudo o que puder do ambiente da Fórmula 1.

LEIA TAMBÉM
+Bandeira de gesto histórico de Hamilton em Interlagos era de fã de Verstappen

OSCAR PIASTRI; FÓRMULA 2; MONZA; ITÁLIA;
Foco de Oscar Piastri está todo voltado para a Fórmula 1 (Foto: Prema)

“Quero estar focado em chegar à F1. Acho que estar no paddock o máximo que posso, estar no paddock com a Alpine o máximo que puder, para mim, mesmo que não esteja competindo, acho que é igual, se não for mais benéfico, para o meu objetivo de chegar à Fórmula 1”, declarou Piastri em entrevista coletiva nesta quinta-feira (18) em Losail, palco do GP do Catar neste fim de semana.

“Por mais que sinta falta de correr, porque não acho que vou correr em nada no ano que vem, acho que há um panorama mais amplo para focar em estar na F1 em primeiro lugar”, salientou.

O regulamento da Fórmula 2 determina que um piloto não pode defender o título na temporada seguinte. Mas Piastri deixou claro que, mesmo que não consiga ser campeão da categoria de acesso, não seguirá no grid em 2022. “Não vou voltar para a F2 no ano que vem”.

Sobre estar em atividade em outra categoria, Oscar reiterou sua prioridade para 2022. “Não vou correr. Mas, novamente, se for algum tipo de distração e significar que perca qualquer oportunidade com a Alpine no paddock da F1, então não me interessa, para ser sincero”.

▶️ Inscreva-se nos dois canais do GRANDE PRÊMIO no YouTube: GP | GP2

“Por mais estranho que seja para mim dizer isso, prefiro não correr e estar focado no meu papel de reserva com o objetivo de tentar chegar à F1 num futuro próximo ao invés de me dedicar a qualquer outro lugar e perder um pouco do meu foco em ir para a F1”, explicou.

A Fórmula 1 ainda não determinou ao certo quantos treinos livres 1, as sessões nas manhãs de sexta-feira, serão dedicadas somente aos pilotos novatos, mas Piastri enxerga na oportunidade a possibilidade de se desenvolver ainda mais enquanto aguarda pela chance tão aguardada de ser promovido a titular.

“Não sei quantos [treinos livres] vão ser. Gostaria de pensar como piloto reserva, faria aqueles TL1 de jovens pilotos. Preciso analisar mais sobre isso e conversar com a Alpine, mas acho que, no momento, vai ser o piloto novato e ver se haverá mais algum”, finalizou.

 A Fórmula 1 acelera neste fim de semana com o debutante GP do Catar, que será disputado no circuito de Losail. O GRANDE PRÊMIO acompanha todas as atividades de pista AO VIVO e em TEMPO REAL.

Achamos os donos da bandeira do Brasil com que Lewis Hamilton comemorou a vitória (Vídeo: F1/Band)
Acesse as versões em espanhol e português-PT do GRANDE PRÊMIO, além dos parceiros Nosso Palestra e Teleguiado.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube

Saiba como ajudar