Piastri descarta pressão após vitória de Norris na F1 2024: “Vai acontecer naturalmente”

Oscar Piastri afirmou que apesar dos resultados distintos, as performances na Emília-Romanha e em Mônaco foram boas, portanto está satisfeito com a atual performance na F1 2024

Oscar Piastri conquistou com o segundo lugar no GP de Mônaco o seu melhor resultado na temporada 2024 da Fórmula 1, mas o australiano rejeitou a ideia de que a vitória de Lando Norris em Miami o tenha colocado sob pressão. O jovem ainda deixou claro que está feliz com a atual performance e que estar no degrau mas alto do pódio “vai acontecer naturalmente”.

Piastri afirmou aos jornalistas que se vê “muito pouco” pressionado a vencer e usou como exemplo as duas últimas etapas realizadas, na Emília Romanha e em Monte Carlo. Apesar dos resultados distintos, o #81 avaliou ambos como bons e reconheceu que não teve o ritmo esperado para brigar pelo pódio em Ímola.

Relacionadas


“Acho que os últimos dois fins de semana foram muito fortes para mim. Ímola, em particular, foi um fim de semana muito bom do início ao fim. Desde a primeira volta do treino até a última volta da corrida. E terminamos em quarto”, disse.

“As coisas acontecem assim às vezes, e, de certa forma, prefiro ficar feliz com meu desempenho terminando em quarto, e ficarei muito feliz se vencer uma corrida, não importa o que aconteça, mas não foi um fim de semana tão bom para terminar no pódio”, acrescentou.

Oscar Piastri ficou com o segundo lugar no GP de Mônaco (Foto: McLaren)

“A longo prazo, há mais satisfação e aprendizado ao estar satisfeito consigo mesmo, sem colocar tanta pressão. Acho que [a vitória] vai acontecer naturalmente”, salientou, emendando que os resultados de Ímola e Mônaco até podem parecer diferentes, mas foram sob circunstâncias distintas.

“Vou continuar fazendo o que fiz nos últimos fins de semana. Só é preciso se colocar em posição de obter esses resultados, e, sim, se isso for o suficiente, as chances virão a seu favor e acontecerá”, completou Piastri.

Em seguida, Oscar fez um balanço do início de 2023 com o atual e garantiu que não mudou a abordagem na competição. Mesmo assim, destacou que é uma temporada “mais confortável” do que há 12 meses.

“[Estou] um pouco mais estabelecido, um pouco mais confiante, mais alguns resultados no meu currículo, portanto é apenas um fator de conforto extra. Todo o resto está mais ou menos igual, o nervosismo ainda está lá, a preparação ainda é muito parecida com a de antes”, seguiu.

“Acontece que ao invés de estar em muitos desses lugares pela primeira vez em um carro de F1, agora você já tem experiência, então a evolução é natural, mas não muda”, concluiu Piastri.

Fórmula 1 retorna de 7 a 9 de junho com o GP do Canadá, nona etapa da temporada 2024.

:seta_para_frente: Inscreva-se nos dois canais do GRANDE PRÊMIO no YouTube: GP | GP2
:seta_para_frente:Conheça o canal do GRANDE PRÊMIO na Twitch clicando aqui!

Chamada Chefão GP Chamada Chefão GP 🏁 O GRANDE PRÊMIO agora está no Comunidades WhatsApp. Clique aqui para participar e receber as notícias da Fórmula 1 direto no seu celular! Acesse as versões em espanhol e português-PT do GRANDE PRÊMIO, além dos parceiros Nosso Palestra e Teleguiado.