Paddock GP: Na briga por renovação, Massa peca por demonstrar comodismo: “Falta aquela garra”

Felipe Massa não está em sua melhor fase na F1. Após 15 etapas da temporada, o brasileiro está apenas um ponto à frente de seu companheiro e novato Lance Stroll. Ainda sem vaga definida em 2018, o #19 tem mostrado uma postura acomodada na Williams, com falta de garra nas pistas

O futuro de Felipe Massa tem sido constante pauta de discussões. Sem caminho definido para 2018, o piloto ainda corre o risco de perder o seu assento na Williams para Paul di Resta ou Robert Kubica. No PADDOCK GP #98, o piloto foi avaliado como acomodado com sua atual situação. “Falta aquela postura de garra que ele já demonstrou”, disse Américo Teixeira.

não é segredo que Lawrence Stroll, pai de Lance, tem grande influência sobre as decisões da Williams. Relatos indicam que o empresário, que já foi responsável por cancelar um teste de Kubica com um carro de 2014, trabalha nos bastidores para encontrar o companheiro de equipe ideal para o filho e que Massa é um nome que o agrada.
 
Mesmo com o risco real de ficar sem vaga na F1, Massa descarta preocupação. “Estou tranquilo. Sei o que posso fazer e estou totalmente motivado para continuar. Se eu estiver aqui no próximo ano, vou dar meu melhor para a equipe. Se não estiver, vou ficar tranquilo e encontrar um novo rumo”, comentou o piloto, que jamais escondeu o interesse em integrar um dia o grid da F-E.

ASSISTA ABAIXO.

O PADDOCK GP é transmitido AO VIVO pelo canal do GRANDE PRÊMIO no YouTube e pela página do Facebook. Sempre às terças-feiras, o programa começa às 20h. 

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube