Para melhorar corridas, F1 propõe implementar largada parada após períodos de safety-car a partir de 2017

Bernie Ecclestone se encontrou com dirigentes das 11 equipes da F1 para tomar uma decisão importante. Em decisão conjunta, ficou acordado que a categoria teria largada parada após cada período de safety-car, segundo a revista ‘Auto Motor und Sport’

 
A FIA segue mexendo seus palitinhos para melhorar o espetáculo da F1. Meses depois de liberar mudanças na aerodinâmica dos carros, trazendo um visual mais agressivo, a entidade optou por trazer outro novo elemento: de acordo com a revista alemã ‘Auto Motor und Sport’, a categoria vai ter largadas paradas após cada período de safety-car. Trata-se de uma ideia que já havia sido considerada para 2015, mas acabou arquivada.
 
De acordo com a publicação, a decisão foi tomada nesta sexta-feira (25) em Abu Dhabi. O chefão Bernie Ecclestone convocou o diretor de provas Charlie Whiting e representantes das 11 equipes do grid para debater formas de deixar a F1 mais atraente. Ecclestone chegou a sugerir duas corridas de 40 minutos, separadas por 20 minutos, mas a proposta acabou rejeitada.
O safety-car vai ser ainda mais importante para a F1 (Foto: Beto Issa/Grande Prêmio)
A proposta das largadas paradas passou pelo primeiro teste, sendo aprovada por equipes e dirigentes, mas ainda precisa ser formalmente votada para fazer parte da F1. Tanto o Grupo de Estratégia da F1 quanto o Conselho Mundial da FIA vão ser informados da proposta nos próximos dias.
 
As largadas viraram um fator muito importante na temporada 2016 da F1. Os novos procedimentos de partida deixaram os primeiros metros da corrida muito mais decisivos, com pilotos despencando da pole para a quinta posição em questão de segundos. Consequentemente, um GP com mais de uma largada deve ganhar em imprevisibilidade.
fechar

function crt(t){for(var e=document.getElementById(“crt_ftr”).children,n=0;n80?c:void 0}function rs(t){t++,450>t&&setTimeout(function(){var e=crt(“cto_ifr”);if(e){var n=e.width?e.width:e;n=n.toString().indexOf(“px”)

var zoneid = (parent.window.top.innerWidth document.MAX_ct0 = '';
var m3_u = (location.protocol == 'https:' ? 'https://cas.criteo.com/delivery/ajs.php?' : 'http://cas.criteo.com/delivery/ajs.php?');
var m3_r = Math.floor(Math.random() * 99999999999);
document.write("”);

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube