Para proteger dados, Mercedes diz que relação com McLaren deve mudar ao longo da temporada

A Mercedes afirmou que o relacionamento de cooperação para o desenvolvimento do motor V6 com a McLaren deve mudar ao longo da temporada. Isso porque a equipe inglesa tem acordo selado com a Honda para 2015

Embora tenha dito que vai cooperar com a McLaren sem grandes restrições nesta temporada, que marca a introdução dos motores V6 na F1, a Mercedes também reconheceu que a relação com a parceira de longa data deve mudar ao longo do ano. Isso porque a equipe inglesa vai trocar os serviços da montadora alemã pelos da Honda a partir do Mundial 2015.


(adsbygoogle = window.adsbygoogle || []).push({});

Jenson Button recentemente fez um apelo à Mercedes, para que todos continuem a trabalhar em conjunto, pensando já na briga pelo título, mas agora parece certo que as relações serão diferentes quando a temporada começar.

A McLaren vai usar motores Mercedes apenas neste ano (Foto: Xavi Bonilla/Grande Prêmio)

Toto Wolff, diretor-executivo da Mercedes, deixou claro que, no momento, a fabricante germânica vai trabalhar com a McLaren sem maiores problemas, mas deixou claro que essa postura vai mudar assim que o campeonato tomar forma.

"Acho que o fato deles terem um acordo com outro concorrente não é uma situação ideal", disse o dirigente em entrevista ao site da revista inglesa 'Autosport'. "Mas, nestes primeiros dias da temporada, temos uma meta de curto prazo que é comum, ou seja, dar ao motor confiabilidade e desempenho", completou.


(adsbygoogle = window.adsbygoogle || []).push({});

"É importante que todos compartilhem os dados dentro dessa meta, e isso vai proporcionar um desenvolvimento muito mais rápido do motor. Agora, durante a temporada, esse relacionamento pode mudar, obviamente", acrescentou.

De acordo com a publicação britânica, a Mercedes já está tomando medidas adicionais para assegurar que a McLaren não consiga passar informações de profundo conhecimento técnico para a Honda.

"No fim das contas, ainda somos concorrentes", disse. "E existe uma boa quantidade de informações que podemos compartilhar com relação ao desenvolvimento, mas, por outro lado, há dados que você não deseja que um rival tenha acesso", finalizou.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube