F1

Patrocinador aponta orçamento triplicado e revela objetivo da Force India em 2019: brigar com Red Bull

Sergey Belousov, homem forte da Acronis, patrocinadora da Force India, revelou objetivos ousados para 2019. Com orçamento três vezes maior do que em 2018, a equipe de Lawrence Stroll acha possível alcançar e superar a Red Bull
Warm Up / Redação GP, de Berlim
 Sergio Pérez (Foto: Rodrigo Berton/Grande Prêmio)
2019 vai ser um verdadeiro recomeço para a Force India. Comprada por Lawrence Stroll, pai de Lance, em agosto, a escuderia planeja um futuro de estabilidade financeira e maior poder de investimento. Desse jeito, as expectativas sobem rapidamente: o diretor-executivo da Acronis, patrocinadora da escuderia rosácea, revelou a meta de brigar com a Red Bull pela condição de terceira melhor equipe da Fórmula 1.
 
A meta é possível através de outra revelação do dirigente, o russo Sergey Belousov. A chegada de novos patrocinadores, trunfo de Lawrence Stroll, permite que a Force India tenha em 2019 um orçamento três vezes maior do que o de 2018.
 
“No próximo ano a Force India quer subir para o top-3 [do Mundial de Construtores]”, disse Belousov, entrevistado pelo site russo ‘Championat’. “É uma equipe muito forte, e que agora mesmo já deveria estar em quarto. Em 2019 vamos triplicar o orçamento e solidificar nossa condição atual. A Renault vai ter um motor novo e a Red Bull assinou com a Honda, então acho que todos vão melhorar”, continuou.
A Force India vai correr atrás da Red Bull em 2019 (Foto: Rodrigo Berton/Grande Prêmio)
A Force India está em vias de terminar o Mundial de Construtores em sétimo, mas isso por causa da anulação dos pontos conquistados até o GP da Hungria, efeito da troca de comando. Somando os pontos das duas metades de 2018, a equipe de Silverstone estaria em quinto, pouco atrás da Renault.
 
A meta de terminar o campeonato em terceiro vai ser buscada com a dupla Sergio Pérez e Lance Stroll. O primeiro já tem contrato renovado para 2019, enquanto o segundo aguarda apenas o anúncio oficial, já sendo tratado inclusive pelo mexicano como nova contratação.