F1

Pérez afirma que fase de Alonso é reflexo da F1 e lamenta “perda de ótimo piloto e personagem”

Fernando Alonso tem enfrentado fase difícil na F1 e Sergio Pérez aproveitou para comentar o fato. O mexicano afirmou que a situação do titular da McLaren é apenas um reflexo de como a categoria está ruim, e aproveitou também para lamentar a partida do bicampeão
Warm Up / GABRIEL CURTY, de São Paulo / NATHALIA DE VIVO, de São Paulo
 Fernando Alonso (Foto: Rodrigo Berton/Grande Prêmio)
Sergio Pérez afirmou que a situação enfrentada por Fernando Alonso na F1 é apenas um reflexo de como a categoria está ruim. O mexicano ressaltou como o espanhol tem sofrido nas corridas, mesmo sendo um grande piloto. 
 
A fase que o bicampeão tem passado está longe de ser fácil. Sofrendo com a forma atual da McLaren, tem lutado no pelotão intermediário, isso quando não é batido e acaba nas últimas posições do pelotão, sequer conseguindo brigar por pontos.
 
“Isso mostra como a F1 é ruim, você tem um dos melhores pilotos do mundo brigando no pelotão intermediário, tentando conseguir alguns pontos todo final de semana. Você o coloca em outro carro e ele vence o campeonato. É onde a F1 está no momento. Estamos todos no mesmo barco”, falou.
Sergio Pérez (Foto: Rodrigo Berton/Grande Prêmio)
A partir de 2019, entretanto, a F1 não vai mais contar com Alonso em seu grid. No meio da temporada, anunciou que encerra sua carreira na categoria ao final de 2018. Entretanto, já tem planos para o próximo ano, fazendo parte, inicialmente, das 500 Milhas de Indianápolis.
 
A saída do piloto espanhol é lamentada por Pérez, que ressaltou o grande piloto e pessoa que o #14 é. “Ele tem sido muito sortudo em sua carreira em que ele teve muitos carros competitivos e conseguir vencer alguns títulos, ele tem um grande talento e merece o sucesso que teve em sua carreira e desejo todo o melhor para ele. Se ele volta? Quem sabe”, apontou.
 
“Ele é um ótimo piloto. Personalidade fantástica também, um ótimo personagem. Ele ama correr. Tenho muito respeito por ele e por tudo o que alcançou no esporte, mas também pelo que ele tem tentado fazer fora dele, com todos os títulos que está procurando. Acredito que ele é um ótimo personagem para o esporte e é uma pena que vamos perdê-lo”, encerrou.