Pérez elogia ambiente de Mônaco e crê em evolução da McLaren: "Desempenho está melhor"

Piloto fará sua segunda prova em Monte Carlo. Na edição de 2011, ano de sua estreia na F1, 'Checo' sofreu forte acidente durante classificação e ficou fora da corrida. Confiante, mexicano apostou em boa posição no grid para ter bom resultado: "Isso será vital", disse

 
Apesar de estar em sua terceira temporada na F1, Sergio Pérez fará, no próximo dia 26, apenas seu segundo GP de Mônaco.
 
Em 2011, seu ano de estreia, o mexicano sofreu um forte acidente durante a sessão classificatória na pista de Monte Carlo, e, por conta de uma concussão cerebral, perdeu não só a etapa monegasca como também a prova seguinte, no Canadá.
 
Já em 2012, pela Sauber, Pérez, que na época vivia boa fase e era apontado como uma das grandes promessas da nova geração, não pontuou e ficou apenas com o 11º lugar.
 
Ansioso por retornar a Mônaco para tentar seus primeiros pontos no Principado, 'Checo' falou sobre as dificuldades que o clássico traçado urbano oferece aos competidores.
Em Mônaco, Sergio Pérez aposta em bom treino de classificação: "Isso será vital" (Foto: Getty Images)
Em site oficial, Ferrari alfineta Red Bull por críticas constantes aos pneus

"Mônaco é um grande desafio para os pilotos", reconheceu. "É o único circuito do calendário onde você tem que construir seu ritmo na prática, ao invés de dar tudo na primeira volta. Você pressiona cada vez mais a cada volta, chegando cada vez mais perto das barreiras."

 
Em seguida, Pérez elogiou o ambiente da corrida e a vibração dos torcedores que ano após ano, lotam as arquibancadas locais.
 
"Não é apenas a pista que faz de Mônaco um lugar especial. A atmosfera é boa. As arquibancadas ficam mais próximas do circuito aqui do que em qualquer outro lugar no calendário, e isso nós dá uma proximidade muito grande com os espectadores", prosseguiu. "A enorme arquibancada entre a Tabac e a Piscina pode ficar muito barulhenta quando está cheia, o que é ótimo."
 
Por fim, o mexicano, 11º colocado no Mundial de Pilotos com 12 pontos, falou sobre sua única participação no GP de Mônaco, e mostrou confiança na evolução da McLaren para a sexta etapa da temporada.
 
"Ano passado fiz meu primeiro GP de Mônaco. Deixei de pontuar por uma posição, e quero mudar isso neste ano. O MP4/28 está melhorando, introduzimos upgrades e compreendemos que o desempenho está melhor." 
 
"O carro estava mais guiável na Espanha, há poucas semanas atrás, principalmente com tanques leves. Isso será vital em Mônaco, porque a classificação é muito importante", encerrou o piloto.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube