F1

Pérez enfrenta quebra de suspensão, perde controle do carro e capota durante primeiro treino do GP da Hungria

Restando pouco mais de meia hora para o fim do primeiro treino livre do GP da Hungria, Sergio Pérez perdeu o controle do seu carro após a quebra da suspensão traseira e acabou batendo no guard-rail. Com o impacto, o pneu dianteiro direito entrou por baixo do assoalho, fazendo com que seu VJM08 capotasse, gerando uma imagem bem forte. Mas o mexicano passa bem
Warm Up / Redação GP, de Sumaré
 Sergio Pérez capota durante primeiro treino livre ena Hungria (Foto: Reprodução/Twitter)
O NOVO PROJETO DO GRANDE PRÊMIO
Flavio Gomes: nossos patrões — os detalhes do projetoColabore com o projeto e ganhe uma camiseta da Red Bull
 
Na esteira da trágica morte de Jules Bianchi há uma semana, Sergio Pérez levou um enorme susto no primeiro treino livre do GP da Hungria de F1, na manhã desta sexta-feira (24). O mexicano sofreu um acidente e capotou o carro da Force India, porém sem maiores consequências ao piloto, que saiu andando normalmente.

Restando pouco mais de meia hora para o fim da sessão em Hungaroring, o mexicano da Force India acabou perdendo o controle do seu carro devido a uma quebra da suspensão traseira direita ao passar por uma zebra.
Sergio Pérez capota durante primeiro treino livre ena Hungria (Foto: Reprodução/Twitter)
‘Checo’ bateu no guard-rail e, com o impacto, a roda dianteira direita ficou embaixo do assoalho, o que catapultou o VJM08 do piloto, que acabou por capotar. Para ele, tratou-se apenas de uma "falta de sorte".

"A pista estava muito suja, eu estava no lado errado do traçado, foi um ângulo ruim, então acabei capotando. Mas está tudo bem", completou. "Foi um acidente estranho. Eu achei estava no controle o tempo todo. Agora, temos de verificar tudo e analisar os detalhes", acrescentou.

Pérez ficou com o carro de cabeça para baixo até ser atendido pelo resgate de Hungaroring. Mas apesar das imagens bem fortes, o piloto de Guadalajara conseguiu sair sem maiores problemas.

A Force India informou logo no início do TL2 que Nico Hülkenberg, seu outro piloto, não iria à pista. A equipe está investigando o que causou o acidente de Pérez . "A equipe vai trabalhar muito para entender o motivo da quebra para achar uma solução e estar pronta para o treino livre de sábado", informou em nota.

O treino acabou sendo interrompido com bandeira vermelha pela direção de prova para que fosse possível a retirada do carro de Sergio em segurança antes da retomada da sessão. O líder foi Lewis Hamilton, da Mercedes.

O GRANDE PRÊMIO acompanha os treinos livres do GP da Hungria em TEMPO REAL.

E já sabe do novo projeto do GRANDE PRÊMIO? Colabore aqui.