Perto do 300º GP na F1, Button elege Alonso como companheiro de equipe mais completo e põe Hamilton como mais rápido

Perto de completar 300 GPs na F1, Jenson Button elegeu Fernando Alonso como o companheiro de equipe mais completo que teve ao longo da carreira na F1. E disse também que Lewis Hamilton foi o mais rápido

google_ad_client = “ca-pub-6830925722933424”;
google_ad_slot = “2258117790”;
google_ad_width = 300;
google_ad_height = 600;

window._ttf = window._ttf || [];
_ttf.push({
pid : 53280
,lang : “pt”
,slot : ‘.mhv-noticia .mhv-texto > div’
,format : “inread”
,minSlot : 1
,components : { mute: {delay :3}, skip: {delay :3} }
});

(function (d) {
var js, s = d.getElementsByTagName(‘script’)[0];
js = d.createElement(‘script’);
js.async = true;
js.src = ‘//cdn.teads.tv/media/format.js’;
s.parentNode.insertBefore(js, s);
})(window.document);
Às vésperas de celebrar seu GP de número 300 na F1, Jenson Button fez uma análise dos colegas com quem dividiu equipes ao longo da carreira no Mundial – especialmente em um momento em que se prepara para viver um ano sabático no Mundial. E após a avaliação, o inglês colocou Fernando Alonso como o piloto mais completo com quem já trabalhou, enquanto Lewis Hamilton foi o mais veloz. 

 
Button estreou na maior das categorias em 2000, na Williams, tendo como companheiro o alemão Ralf Schumacher. Posteriormente, Jenson ainda dividiu a BAR com Jacques Villeneuve, em 2003, e disse que os dois parceiros de equipe foram realmente difíceis que encontrou pelo caminho. 
 
"Provavelmente, em termos de atmosfera, Ralf Schumacher ou Jacques Villeneuve. Eu era jovem e eles não gostavam de um piloto jovem na equipe. Mas acho que possivelmente foi mais difícil com Jacques. Mas depois foi bom, o ambiente era excelente e foi divertido", disse o campeão de 2009 ao site holandês 'GPUpdate.net'.
Para Button, Alonso é o companheiro de equipe mais completo que já teve (Foto: Getty Images)

google_ad_client = “ca-pub-6830925722933424”;
google_ad_slot = “5708856992”;
google_ad_width = 336;
google_ad_height = 280;

O britânico ainda conviveu com Rubens Barrichello na Honda e na Brawn, onde faturou o título, antes de assinar com a McLaren, equipe que teve de compartilhar com Hamilton entre os anos 2010 e 2012. Falando sobre o tricampeão, Jenson entende que o compatriota foi o piloto mais rápido entre todos os seus companheiros de equipe. "Em termos de ritmo, sem dúvida Lewis", disse  Jenson, que foi o único colega que conseguiu bater Lewis na carreira.

 
"Ele poderia ser maciçamente rápido em classificação e você ainda vai pensar: 'De onde vem isso?'. Mas ele também poderia imprimir o mesmo ritmo em corrida. Você pode ver seu talento, mas não estava totalmente sob controle, ele apenas sentia. De repente, você achava que poderia superá-lo em classificação, mas ele ia lá e conseguia ser 0s4 mais veloz. Mas, em corrida, ele desaparecia. Você estava liderando e pensava: 'Para onde ele foi?'. Era um pouco inconsistente, mas incrivelmente rápido. Possivelmente, o cara mais rápido a pilotar um carro de F1, talvez só atrás de Ayrton Senna. Mas você realmente não pode comparar."
 
"Agora em termos de piloto mais completo, aí seria Fernando", afirmou o veterano sobre o atual colega na McLaren. "Na forma como trabalha com a equipe, ele é muito inteligente e sabe como abrir o caminho. Mas também é a forma como ele trabalha com o carro. Em qualquer situação, está sempre lá, não importa se está atrás de você ou na frente, está sempre ali. Você simplesmente não consegue se livrar dele", disse Button.
 
"Eu tive alguns companheiros de equipe realmente muito bons. Tive três campeões mundiais como colegas. E Lewis, para mim, foi sempre o mais rápido de todo, mas Fernando é o mais completo. Mas não sei como Lewis é agora, me parece que cresceu muito como piloto e está em uma situação muito boa", emendou Jenson, acrescentando que Hamilton parece ter superado os problemas que antes pareciam sempre atormentá-lo.
E Hamilton foi o mais veloz (Foto: Getty Images)
"Quando éramos companheiros de equipe, ele parecia que podia ser perturbado com facilidade. Mas agora parece muito mais relaxado e confiante em si próprio", encerrou.
 
A McLaren decidiu substituir Button pelo jovem Stoffel Vandoorne a partir de 2017, mas o inglês vai seguir associado à esquadra de Woking, mas agora ajudando no desenvolvimento do carro ao lado do belga e também de Alonso.
PADDOCK GP #47 DISCUTE F1, FINAL DA INDY E FALA SOBRE ALEX ZANARDI

.embed-container { position: relative; padding-bottom: 56.25%; height: 0; overflow: hidden; max-width: 100%; } .embed-container iframe, .embed-container object, .embed-container embed { position: absolute; top: 0; left: 0; width: 100%; height: 100%; }

google_ad_client = “ca-pub-6830925722933424”;
google_ad_slot = “8352893793”;
google_ad_width = 300;
google_ad_height = 250;

fechar

function crt(t){for(var e=document.getElementById(“crt_ftr”).children,n=0;n80?c:void 0}function rs(t){t++,450>t&&setTimeout(function(){var e=crt(“cto_ifr”);if(e){var n=e.width?e.width:e;n=n.toString().indexOf(“px”)

var zoneid = (parent.window.top.innerWidth document.MAX_ct0 = '';
var m3_u = (location.protocol == 'https:' ? 'https://cas.criteo.com/delivery/ajs.php?' : 'http://cas.criteo.com/delivery/ajs.php?');
var m3_r = Math.floor(Math.random() * 99999999999);
document.write("”);

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube