Perto do recorde de pontos seguidos de Schumacher, Räikkönen sabe: “Vai acabar em algum momento"

Podendo atingir marca de 24 corridas seguidas na zona de pontuação, Kimi Räikkönen afirmou que seria legal igualar recorde Michael Schumacher. Finlandês, entretanto, ponderou que isso logo acabará

Kimi Räikkönen poderá atingir no GP do Canadá deste fim de semana sua 24ª corrida consecutiva na zona de pontuação da F1. Se atingir a marca em Montreal, o piloto da Lotus vai igualar o recorde estabelecido por Michael Schumacher. 
 
A sequência do heptacampeão começou no GP da Hungria de 2001 e terminou com um sexto lugar no GP da Malásia de 2003. No caso de Kimi, a sequência iniciou no GP do Bahrein de 2012.
Kimi Räikkönen (Foto: Andrew Ferraro/ Lotus)
“Tenho certeza de que isso vai acabar em algum momento”, disse Räikkönen à agência 'Reuters'. “Obviamente, nós sempre tentamos pontuar e fazer boas corridas, mas alguma parte pequena [quebra], e isso acaba”, considerou. 
 
“É claro que seria bom. Já é legal agora com esse time. No passado, eu abandonava frequentemente, então, com certeza, é diferente do que foi no passado”, ponderou. “Mas tenho certeza que teremos dificuldades em algum ponto”, previu. 
 
Entre 1960 e 2003, só os pilotos do top-6 pontuavam. Em seguida passaram a pontuar os oito primeiros e só a partir de 2010 é que os pontos passaram a ser distribuídos entre os dez melhores.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube