F1

Philip Morris confirma retorno da marca Mission Winnow nos carros da Ferrari após GP da Austrália

Depois de remover a campanha dos carros e do nome oficial da Ferrari, marca Mission Winnow confirma que parceria com o time italiano continuará depois da abertura da temporada, que acontece na Austrália
Grande Prêmio / Redação GP, de Campinas
GUIA 2019
🏁 F1 abre ano de briga de gigantes, coadjuvantes de luxo e grid jovem
🏁 F1 reformula regras para resolver velho dilema da falta de ultrapassagens
🏁 Hamilton busca perfeição em 'temporada mais difícil' para colar em Schumacher
🏁 Atrás de tirar Ferrari da fila, Vettel tenta se livrar do peso dos erros em ano decisivo
🏁 Mudanças, revanche e carros diferentes: como Mercedes e Ferrari retomam duelo
🏁 Red Bull busca renascimento com aposta na Honda e na liderança de Verstappen

A fabricante de cigarros Philip Morris confirmou que voltará a estampar a marca 'Mission Winnow' nos carros e no nome oficial da Ferrari. A parceria da empresa com a escuderia precisou ser interrompida antes do GP da Austrália, que abre a temporada da F1, por uma investigação do governo australiano sobre uma possível brecha na lei que impede a propaganda de cigarros

A marca, que aparece nos carros do time italiano desde o GP do Japão de 2018, precisou ser removida às pressas, e o nome oficial da equipe na lista de inscrição da FIA precisou ser mudado de 'Scuderia Ferrari Mission Winnow' para 'Scuderia Ferrari'.

No Twitter, a campanha esclareceu as mudanças. "Estamos aqui para ficar. Mission Winnow continuará como a patrocinadora de nome da Scuderia Ferrari. As mudanças foram planejadas apenas para a Austrália", explicou a Mission Winnow em resposta para um fã.
A marca Mission Winnow só vai ficar de fora na Austrália (Foto: Ferrari)
Philip Morris e Ferrari são vinculadas desde 1996, e seguiram juntas mesmo após o banimento das propagandas de cigarro na F1, implantado em 2007. A campanha Mission Winnow, que também é estampada nas Ducati de Andrea Dovizioso e Danilo Petrucci na MotoGP, tem o objetivo de buscar alternativas cientificamente menos prejudiciais que são livres de fumo.

O GP da Austrália acontecerá no próximo domingo (17), no circuito de Albert Park, em Melbourne. O primeiro treino livre acontecerá às 22h de quinta-feira, no horário de Brasília, e terá cobertura em tempo real do GRANDE PRÊMIO.