Gasly diz que performance da AlphaTauri em Silverstone é “a pior do ano”

Pierre Gasly não escondeu decepção após sofrer com o A702 na pista de Silverstone. O francês definiu o fim de semana como o pior da temporada

Com problemas ao longo de todo fim de semana, Pierre Gasly não escondeu que está insatisfeito com o desempenho da AlphaTauri ao longo do GP da Inglaterra. Largando de 11º, após ganhar uma posição por conta da punição de George Russell na corrida de classificação, o francês apontou que a falta de velocidade do A702 é o que mais lhe preocupa.

Em entrevista ao site Motorsport.com, Gasly não escondeu o jogo e revelou que a equipe de Faenza enfrenta os mesmos problemas desde o primeiro treino livre, realizado na sexta-feira. Sem rodeios, o dono do carro #10 foi categórico ao definir o fim de semana em Silverstone como “a pior performance” da equipe no ano.

“Honestamente, acho que esta foi nossa pior performance no ano até agora. É muito frustrante, porque sei que o carro tem mais potencial. Durante toda a temporada, temos sido fortes em quase todas as pistas. Neste fim de semana, por alguma razão, estamos extremamente lentos nas retas, nas curvas de alta, saindo muito de frente. Simplesmente não está funcionando”, disse Gasly.

“Sabemos que, com uma sessão de treino livre, você tem uma janela muito pequena para mexer no carro. Nós tentamos várias mudanças para a classificação, mas você não pode fazer mudanças extremas, já que não poderá fazer mudanças depois disso. Mas fomos lentos ontem, tivemos problemas, e hoje eles se repetiram”, comentou.

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube! Clique aqui.
Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram!

Pierre Gasly largará em 11º no GP da Inglaterra (Foto: Red Bull Pool Content/Getty Images)

Gasly relatou que teve de brigar para manter o bólido na pista na corrida de classificação, e que em nenhum momento conseguiu acompanhar os rivais ou manter um bom ritmo.

“Hoje [sábado] eu não consegui atacar. Estava apenas tentando me manter na pista por 17 voltas, o que não é o que gostaríamos. Não conseguia acelerar, não consegui frear, não conseguia acompanhar de perto os rivais. Amanhã [domingo], esse é o pacote que temos. Então, vamos tentar fazer nosso melhor, estudar o que conseguimos fazer com o desgaste de pneus, tentar ir melhor, e tentar algo na estratégia, e na largada. Mas estou desapontado, já que sei que poderíamos ir bem melhor do que isso”, seguiu.

“Para ser honesto, não entendi o motivo. Porque, como disse, ao longo da temporada tivemos diferentes pistas e condições. Após o começo do ano, estava confiante de que não teríamos este tipo de fim de semana. Mas agora estamos lentos nas retas, o que não faz sentido, baseado no que normalmente vemos”, analisou o francês.

Em meio a um fim de semana com uma configuração completamente diferente, Gasly abordou brevemente o tema. Apesar de reconhecer que o menor tempo em pista prejudicou a AlphaTauri, relevou o assunto e reconheceu que a equipe não acertou um bom trabalho para o fim de semana.

“Vamos ver como será após todo o fim de semana. Obviamente não tenho como ser objetivo a respeito disso agora. Com toda certeza, este foi o fim de semana que começamos com a pior performance no TL1. Com três treinos, teríamos a chance de reagir. Mas não irei reclamar disso, porque todos tiveram o mesmo tempo no carro e nós não fizemos um bom trabalho. Sim, isso pode não ter nos ajudado, mas não é desculpa”, finalizou.

Max Verstappen venceu é pole: os melhores momentos da corrida sprint do GP da Inglaterra (Foto: GRANDE PRÊMIO com Reuters)

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube

Saiba como ajudar