Pirelli descarta mudanças nos pneus como forma de não interferir na disputa do título em 2012

A Pirelli decidiu não fazer grandes mudanças nos compostos para a segunda metade da temporada de 2012, para não interferir na disputa do título

A Pirelli não vai fazer nenhuma alteração nos compostos dos pneus para o restante do ano, como forma de não interferir na disputa final do título. A primeira parte da temporada de 2012 teve influência decisiva dos pneus e, até por conta da imprevisibilidade do comportamento dos compostos fornecidos pela fabricante italiana, a F1 viu um dos inícios de campeonato mais acirrados dos últimos tempos, com sete vencedores diferentes nas sete primeiras provas. 

Passadas 11 etapas do Mundial, Fernando Alonso, da Ferrari, lidera a classificação, com 40 pontos de vantagem para o segundo colocado, o australiano Mark Webber, da Red Bull. E a Pirelli já prevê uma briga ainda mais ferrenha entre as equipes na segunda metade do campeonato. 

Pirelli descarta mudanças nos pneus até fim de 2012

No ano passado, a empresa de Milão estudou algumas mudanças nos compostos duros ao longo da temporada. Mas os pneus foram testados apenas neste ano, durante os treinos livres na Alemanha, em julho. Porém, com a briga pelo título mais próxima em 2012, a Pirelli decidiu permanecer com os compostos atuais.

"Poderíamos ter feito algumas mudanças no meio da temporada deste ano, mas, com essa disputa tão próxima entre as equipes, sentimos que qualquer alteração poderá provocar um revés nessa briga e talvez abrir espaço para que uma equipe encontre uma vantagem a mais, e isso não pode acontecer neste ano", disse Paul Hembery em entrevista ao canal ESPNF1. "Mas ainda temos alguns pontos que pretendemos melhorar", completou.

Desde seu retorno ao Mundial em 2011, a fabricante foi orientada a desenvolver pneus com desgaste maior, com o objetivo de tornar as corridas mais imprevisíveis, o que representou também um desafio para as equipes, acostumadas aos estáveis pneus da Bridgestone. Porém, a Pirelli não deseja criar outro grande desafio no próximo ano, mudando novamente os compostos.

"Em termos de estrutura e composto, nós ainda não decidimos como vai ser em 2013. Nós precisamos saber o quanto os times estão dispostos a encarar um novo desafio, principalmente por causa das mudanças mais sérias que o regulamento vai sofrer em 2014. Talvez eles não queiram grandes mudanças na próxima temporada, pensando já no ano seguinte", acrescentou.

 

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube