Pirelli fala em "pequenas alterações" a partir da Espanha e diz que não vai atender interesses de um único time

Em meio a polêmica a respeito do excessivo desgaste dos compostos ao longo das corridas, Paul Hembrey, diretor da fabricante italiana, rebate pressão da Red Bull e afirma que alterações beneficiarão todas as equipes. Jogo extra de pneus também está em pauta

 
A polêmica a respeito dos pneus que a Pirelli desenvolveu para a temporada de 2013 da F1 ganhou mais um novo capítulo nesta sexta-feira (19), no Bahrein. A baixa durabilidade dos compostos da fabricante italiana e as escolhas dos modelos disponíveis para cada fim de semana são questões que seguem causando muita reclamação por parte de algumas equipes e pilotos.
 
Carros de equipes como Ferrari e Lotus conseguem um rendimento melhor e maior durabilidade com os pneus, porém outras escuderias como Red Bull e Mercedes, mesmo tendo um equipamento extremamente competitivo, continuam sofrendo com a rápida degradação ao longo das corridas.
 
O time dos energéticos é uma das que mais cobram alterações por parte da Pirelli. Por sua vez, Paul Hembrey, diretor esportivo da fabricante, confirmou que fará pequenas alterações — mas nada que atenda unicamente aos interesses e necessidades da atual tricampeã de Construtores.
 
"A realidade é que nós não vamos fazer algo que irá atender uma única equipe", afirmou. "Sabemos o que está por vir em relação à temporada, e sabemos os resultados que temos visto. E é com o que está por vir que temos que nos preocupar".
Pneus continuam sendo o cerne da discórdia da temporada de 2013 da F1 (Foto: Pirelli)
 
Hembrey explicou que as alterações – que deverão atender aos interesses de todos os times – devem ser implantadas o quanto antes, pois não quer que a Pirelli seja acusada de influenciar o resultado do campeonato, caso as modificações sejam introduzidas quando o cenário da disputa do título já estiver mais claro.
 
"Temos que levar isso em conta, caso contrário estaremos caminhando para problemas maiores e, em seguida, teremos oito equipes vindo até nós e dizendo que precisamos realizar mudanças", comentou. 
 
"Se fizermos alguma coisa, isso será feito na fase inicial da temporada. Em seguida, deixaremos tudo como está. As coisas são como são, e bem ou mal, você precisa deixar que todos sigam em frente."
 
"Queremos fazer tudo o que precisa ser feito o quanto antes, exatamente para evitar a acusação de que influenciamos em algo", prosseguiu. "Mas seja como for, ainda vamos manter os pneus muito mais suaves do que no último ano".
 
O representante da Pirelli também voltou a falar sobre a disponibilização de um jogo extra de pneus para as sessões de treinos livres das sextas-feiras de cada GP, algo que pode começar a ser colocado em prática já a partir da etapa espanhola. A ideia inicial era a de que o kit adicional fosse liberado apenas para os pilotos estreantes.
 
No entanto, embora tenha afirmado que pretende atender ao desejo das equipes com relação a isso, Hembrey afirma que ainda há um impasse – por parte dos próprios times – a respeito de quem poderá ou não utilizar os compostos.
 
"No momento, propusemos isso e temos a intenção de providenciá-los, mas ainda não tivemos uma resposta da reunião que as equipes fizeram. Eles estão tentando estabelecer quem deve poder usar os pneus, esse é o atual ponto de discussão. Dissemos que não vamos nos envolver. Cabe a eles chegar a um acordo", encerrou.
 

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube